“NÃO ME SIN­TO EU”

Metro Portugal (Lisbon) - - CULTO -

Dez anos de­pois, em du­as con­sul­tas de neu­ro­lo­gia, fui di­ag­nos­ti­ca­do. Co­mo foi a re­a­ção a es­se di­ag­nós­ti­co? Não me lem­bro, o que é es­tra­nho. Ten­de­mos a lem­brar-nos das coi­sas trau­má­ti­cas. In­ter­pre­to o fac­to de não me lem­brar co­mo uma coi­sa boa. Foi mais do­lo­ro­so pa­ra a mi­nha mãe. E de­pois é as­sim: te­nho uma do­en­ça. É cha­to. Po­dia fi­car na ca­ma a cho­rar ou fa­zer al­gu­ma coi­sa. É pre­ci­so apren­der a vi-

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Portugal

© PressReader. All rights reserved.