Por­que não vou a Es­pa­nha...

Metro Portugal (Lisbon) - - LAZER -

... en­cher o de­pó­si­to. É que se vi­ves­se a 30 qui­ló­me­tros da fron­tei­ra ia. Ti­ve­mos um mi­nis­tro, do an­te­ri­or go­ver­no, que acon­se­lha­va a ex­por­tar­mos pas­téis de na­ta... es­te, o da Eco­no­mia, Ma­nu­el Cal­dei­ra Ca­bral, não obs­tan­te o ga­só­leo (31 cên­ti­mos) e a ga­so­li­na (35 cên­ti­mos) se­rem mais ba­ra­tos na nos­sa vi­zi­nha Es­pa­nha, acon­se­lha os por­tu­gue­ses a não irem lá! Bom, to­dos os go­ver­nos têm, co­mo é ób­vio, bons e maus mi­nis­tros, es­te, o da Eco­no­mia do Dr. An­tó­nio Cos­ta, sal­vo o de­vi­do res­pei­to, é mau, e é mau, por­que quem tra­ba­lha e não só que pre­ci­sa da sua vi­a­tu­ra, se­ja de li­gei­ros ou pe­sa­dos, pou­pa di­nhei­ro ao ir a Es­pa­nha abas­te­cer o seu de­pó­si­to. (...)

TOMAZ AL­BU­QUER­QUE, LISBOA

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Portugal

© PressReader. All rights reserved.