Um pon­to de pas­sa­gem

Metro Portugal (Lisbon) - - ECONOMIA - PE­DRO TUNA

Na pe­que­na ci­da­de por­tu­gue­sa de on­de es­cre­vo, exis­tem dois ex-lí­bris: um ho­tel e um con­ven­to. A ci­da­de vi­ve es­sen­ci­al­men­te des­tas du­as es­tru­tu­ras, mas pa­re­ce que o ho­tel não co­mu­ni­ca com as ou­tras re­fe­rên­ci­as da ci­da­de nem es­ta com o con­ven­to e com ou­tros pon­tos de in­te­res­se. Se não exis­te uma pro­mo­ção cru­za­da, o ho­tel pro­mo­ver res­tau­ran­tes, mu­seus e ou­tros pon­tos de in­te­res­se e a ci­da­de pro­mo­ver tu­do o que pos­sa in­te­res­sar a um tu­ris­ta, en­tão a ci­da­de mais não se­rá do que um pon­to de pas­sa­gem. Há mui­tos bons exem­plos de ci­da­des que se ala­van­ca­ram no tu­ris­mo, mas ain­da há as que pa­re­cem ter fi­ca­do no sé­cu­lo pas­sa­do.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Portugal

© PressReader. All rights reserved.