Es­tu­do re­ve­la que mais de me­ta­de dos por­tu­gue­ses usa ser­vi­ços “on-de­mand”

Te­le­vi­são. Um es­tu­do da con­sul­to­ra Ni­el­sen adi­an­ta que 57% dos por­tu­gue­ses uti­li­zam os ser­vi­ços de te­le­vi­são “on-de­mand”. E 63% di­zem usar for­ne­ce­do­res de ser­vi­ço de ca­nais por ca­bo.

Metro Portugal (Lisbon) - - PRIMEIRA PÁGINA -

Es­ta é uma per­cen­ta­gem bas­tan­te su­pe­ri­or à mé­dia eu­ro­peia, que, em ter­mos de ser­vi­ços de te­le­vi­são por ca­bo, se si­tua nos 44%. Por ou­tro la­do, 21% dos eu­ro­peus ad­mi­tem uti­li­zar for­ne­ce­do­res de pro­gra­ma­ção on­li­ne, en­quan­to em Por­tu­gal es­tes va­lo­res se ci­fram nos 19%.

Mes­mo es­tan­do à fren­te da mé­dia eu­ro­peia, 87% dos por­tu­gue­ses di­zem, de acor­do com o es­tu­do, não ter in­ten­ção de subs­ti­tuir o ser­vi­ço por ca­bo ou sa­té­li­te a fa­vor de op­ções on­li­ne, mes­mo que ha­ja 57% dos in­qui­ri­dos a ad­mi­tir que as­sis­tem a pro­gra­ma­ção vi­deo-on-de­mand atra­vés da te­le­vi­são ou com­pu­ta­dor e ou­tros equi­pa­men­tos mó­veis co­mo ta­blets, te­le­mó­veis ou ou­tros.

No en­tan­to, e ape­sar da exis­tên­cia ca­da vez mais fre­quen­te de no­vos for­ma­tos, no que diz res­pei­to à for­ma de ob­ser­var os con­teú­dos on-de­mand, o com­pu­ta­dor é o equi­pa­men­to mais uti­li­za­do pe­los por­tu­gue­ses, sen­do a op­ção pa­ra 87% dos in­qui­ri­dos, con­tra 77% da mé­dia eu­ro­peia. Se­guem-se os te­le­mó­veis e ta­blets com 44% e 40%.

Pa­ra os con­su­mi­do­res por­tu­gue­ses, diz es­te es­tu­do da con­sul­to­ra Ni­el­sen, a van­ta­gem de as­sis­tir a pro­gra­ma­ção vi­deo-on-de­mand es­tá no fac­to de se po­der as­sis­tir aos pro­gra­mas em qual­quer mo­men­to e de acor­do com a sua dis­po­ni­bi­li­da­de (afir­mam 40%). Ain­da as­sim, 28% ad­mi­tem gos­tar mais de as­sis­tir aos pro­gra­mas num ecrã de gran­de di­men­são em de­tri­men­to dos dis­po­si­ti­vos mó­veis. Vin­te e qua­tro por cen­to re­fe­rem, ain­da, co­mo van­ta­gens, o fac­to de po­de­rem as­sis­tir a vá­ri­os epi­só­di­os de uma só vez e, tam­bém, 24% gos­ta­ri­am de ter mais op­ções de ser­vi­ços vi­deo-on-de­mand dis­po­ní­veis.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Portugal

© PressReader. All rights reserved.