Her­ge del Rio.

Hen­ri­que­ta Ma­cha­do

Metro Portugal (Lisbon) - - LAZER -

Mu­lher de mui­tos so­nhos, de­fi­ne-se co­mo tra­ba­lha­do­ra, dó­cil e mui­to tei­mo­sa. Se pen­sa em fa­zer uma coi­sa, faz mes­mo e es­sa é, tal­vez, a ra­zão do seu su­ces­so. Quan­do o ma­ri­do de­ci­diu abrir o res­tau­ran­te Sel­va do Le­na, há mais de 36 anos, diz que mal sa­bia es­tre­lar um ovo. Ho­je, Hen­ri­que­ta Ma­cha­do en­car­re­ga-se da co­or­de­na­ção da co­zi­nha, do aten­di­men­to aos cli­en­tes e tem um imen­so orgulho em di­zer que to­dos os pra­tos que ser­vem fo­ram aper­fei­ço­a­dos por si. A sim­pa­tia da D. Hen­ri­que­ta dá um ca­ris­ma es­pe­ci­al à ca­sa, mas a ver­da­dei­ra ra­zão do su­ces­so de­ve-se à con­fe­ção com gos­to a co­mi­da da avó. O ca­bri­to à sel­va, o bi­fe à ca­sa, o ar­roz de ca­bi­de­la, a mas­sa de ro­ba­lo são al­guns dos pra­tos com que nos po­de­mos de­li­ci­ar. O que co­me­çou por ser uma ca­sa sim­ples e dis­cre­ta, no meio do ma­to em Mou­rã, ar­re­do­res de Lei­ria, é ho­je uma re­fe­rên­cia gas­tro­nó­mi­ca. Ex­pe­ri­men­tem!

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Portugal

© PressReader. All rights reserved.