Luz ver­de da CMVM

BPI. Cai­xaBank te­ve luz ver­de da CMVM pa­ra lan­çar uma Ofer­ta Pú­bli­ca de Aqui­si­ção (OPA) so­bre as ações que não con­tro­la.

Metro Portugal (Lisbon) - - PRIMEIRA PÁGINA -

Cai­xabank for­ma­li­za OPA so­bre o BPI com €1,113 por ação

Ao for­ma­li­zar a OPA, o Cai­xaBank oferece um pre­ço de €1,113 por ação no anún­cio pre­li­mi­nar da ope­ra­ção. O pre­ço da OPA coin­ci­de com a co­ta­ção mé­dia pon­de­ra­da da ação do ban­co BPI nos úl­ti­mos seis me­ses. Es­ta ofer­ta do ban­co ca­ta­lão, que con­tro­la 44,1% do Ban­co BPI, tem um va­lor to­tal de 906,5 M€ e es­tá con­di­ci­o­na­da à eli­mi­na­ção do atu­al li­mi­te dos seus di­rei­tos de vo­to.

Além dis­so, a OPA só avan­ça ca­so o ofe­ren­te con­si­ga com­prar mais de 50% do ca­pi­tal do BPI, con­for­me se lê no anún­cio dis­po­ni­bi­li­za­do pe­la Co­mis­são do Mer­ca­do de Va­lo­res Mo­bi­liá­ri­os (CMVM).

O anún­cio da OPA sur­ge de­pois de o ban­co por­tu­guês ter avi­sa­do o mer­ca­do de que ti­nha fi­ca­do sem efei­to um prin­cí­pio de acor­do en­tre o Cai­xabank e o se­gun­do mai­or aci­o­nis­ta do ban­co, os an­go­la­nos da San­to­ro Fi­nan­ce, so­bre o con­tro­lo do ban­co por­tu­guês.

Re­cor­de-se que, em fe­ve­rei­ro do ano pas­sa­do, o Cai­xaBank lan­çou uma OPA so­bre o BPI, que fa­lhou por não ter si­do con­se­gui­da a des­blin­da­gem dos di­rei­tos de vo­to, es­sen­ci­al pa­ra a ope­ra­ção avan­çar.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Portugal

© PressReader. All rights reserved.