Saí­da da NOS não al­te­ra na­da

Em­pre­sas. O pre­si­den­te exe­cu­ti­vo da ope­ra­do­ra fa­la­va so­bre a re­nún­cia da em­pre­sá­ria an­go­la­na Isa­bel dos San­tos ao car­go.

Metro Portugal (Lisbon) - - ECONOMIA -

“Não se al­te­ra na­da, a en­ge­nhei­ra Isa­bel dos San­tos con­ti­nua a ser aci­o­nis­ta da em­pre­sa de for­ma in­di­re­ta, atra­vés da ZOPT, co­mo sem­pre foi, não se al­te­ra ab­so­lu­ta­men­te na­da”, dis­se o pre­si­den­te exe­cu­ti­vo da ope­ra­do­ra de te­le­co­mu­ni­ca­ções, Mi­guel Al­mei­da. Isa­bel dos San­tos “ape­nas en­ten­deu que pa­ra as fun­ções que vai as­su­mir [pre­si­dên­cia da pe­tro­lí­fe­ra So­nan­gol] po­de­rá ha­ver um con­fli­to de in­te­res­ses”, pe­lo que “re­nun­ci­ou à ad­mi­nis­tra­ção da NOS”, acres­cen­tou. De no­tar que Isa­bel dos San­tos as­su­miu a pre­si­dên­cia do Con­se­lho de Ad­mi­nis­tra­ção da So­nan­gol, re­nun­ci­an­do aos car­gos que de­ti­nha nos con­se­lhos de ad­mi­nis­tra­ção da NOS, do ban­co BIC e da Efa­cec.

JO­SÉ SE­NA GOULÃO/LUSA

O pre­si­den­te exe­cu­ti­vo des­va­lo­ri­zou qual­quer im­pac­to ne­ga­ti­vo na ope­ra­do­ra de te­le­co­mu­ni­ca­ções.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Portugal

© PressReader. All rights reserved.