Os bu­ra­cos na ban­ca...

Metro Portugal (Lisbon) - - CULTO - TOMAZ ALBUQUERQUE, LIS­BOA

... de­pois do BES, BPN, BANIF, e ago­ra na Cai­xa Ge­ral de De­pó­si­tos, que tem si­do o ban­co do po­vo. O bu­ra­co nes­te ban­co é de seis mil mi­lhões de per­das em cré­di­to mal­pa­ra­do! Es­tra­nhei, jun­to às ins­ta­la­ções de uma de­pen­dên­cia da CGD, aqui em Lis­boa, de­ze­nas de cli­en­tes em fi­las de es­pe­ra. Per­gun­tei a uma se­nho­ra qual o mo­ti­vo des­ta aglo­me­ra­ção e res­pon­deu-me: “Olhe eu es­tou aqui pa­ra le­van­tar as mi­nhas “mi­ga­lhas” que jun­tei, de­pois de uma vi­da de tra­ba­lho, não vá acon­te­cer co­mo acon­te­ceu com o BES...”. Bom, to­dos nós que­re­mos sa­ber o que se es­tá a pas­sar com a CGD, ou se­ja, num ápi­ce, qu­em te­ve cré­di­tos e nun­ca pa­gou... e aci­ma de tu­do de que ta­ma­nho é o bu­ra­co que to­dos nós te­re­mos que ta­par!! (...) Qual é o ban­co, nes­te país, em que to­dos nós po­de­mos con­fi­ar? Cus­ta-me di­zê-lo: ne­nhum, nem aque­le que era con­si­de­ra­do o do po­vo, a Cai­xa Ge­ral de De­pó­si­tos!

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Portugal

© PressReader. All rights reserved.