Com Por­tu­gal, nun­ca se sa­be

Eu­ro 2016. Es­qui­zo­fre­nia exi­bi­ci­o­nal por­tu­gue­sa es­tá a ba­ra­lhar meio mun­do, cro­a­tas in­cluí­dos, as­su­mem os pró­pri­os. Raphaël Gu­er­rei­ro re­cu­pe­ra­do pa­ra em­ba­te de ama­nhã (20h, RTP1).

Metro Portugal (Lisbon) - - PRIMEIRA PÁGINA - RUI ALE­XAN­DRE CO­E­LHO

Exi­bi­ções da Se­le­ção cri­am dú­vi­das na Croá­cia, ri­val de ama­nhã

Os em­pa­tes com Is­lân­dia e Áus­tria fi­ze­ram sol­tar um co­ro (in­ter)na­ci­o­nal de crí­ti­cas. E Por­tu­gal nem jo­gou tão mal quan­to is­so.

Mas o pi­or es­ta­va pa­ra vir. Os três go­los mar­ca­dos à Hun­gria e o re­gres­so de CR7 ao seu me­lhor fo­ram bo­as no­tí­ci­as, só que fi­ca­ram al­go ofus­ca­das pe­los três go­los en­cai­xa­dos con­tra um ri­val mo­des­to e des­fal­ca­do. A es­ta ir­re­gu­la­ri­da­de re­a­giu on­tem o avan­ça­do cro­a­ta Ni­ko­la Ka­li­nic, com um gran­de pon­to de in­ter­ro­ga­ção, an­tes do en­con­tro de ama­nhã dos oi­ta­vos de fi­nal. “Com Por­tu­gal, nun­ca se sa­be, ou jo­gam bem ou jo­gam mal”, opi­nou o jo­ga­dor da Fi­o­ren­ti­na, ao mes­mo tem­po que, sem fal­sas mo­dés­ti­as, con­si­de­rou a sua se­le­ção “uma das me­lho­res equi­pas do Eu­ro­peu, ou mes­mo a me­lhor”.

Na atu­a­li­da­de da Se­le­ção, trei­no aber­to em Mar­cous­sis e a boa-no­va de ver Raphaël Gu­er­rei­ro a tra­ba­lhar in­te­gra­do com o gru­po às or­dens de Fer­nan­do San­tos. Ti­tu­lar nos dois pri­mei­ros en­con­tros, o la­te­ral es­quer­di­no, que já as­si­nou pe­lo Dort­mund, fa­lhou a par­ti­da com os hún­ga­ros, de­vi­do a le­são, mas re­cu­pe­rou e de­ve vol­tar a ser op­ção pa­ra o du­e­lo com a Croá­cia, em Lens, no es­tá­dio Bol­la­ert-De­le­lis, com ar­bi­tra­gem do es­pa­nhol Car­los Ve­las­co Car­bal­lo.

© MIGUEL A. LO­PES/LU­SA

Fi­gu­ra de Por­tu­gal nos dois pri­mei­ros jo­gos do Gru­po F, Raphaël Gu­er­rei­ro de­ve re­cu­pe­rar ti­tu­la­ri­da­de a Eli­seu.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Portugal

© PressReader. All rights reserved.