Cinema. Polanski adap­ta li­vro de Delphi­ne Vi­gan

Metro Portugal (Lisbon) - - CULTO -

O re­a­li­za­dor Roman Polanski vai adap­tar ao cinema o mais re­cen­te ro­man­ce da es­cri­to­ra fran­ce­sa, e tam­bém re­a­li­za­do­ra, Delphi­ne de Vi­gan, “A Par­tir de uma His­tó­ria Ver­da­dei­ra”, pu­bli­ca­do em Portugal em maio úl­ti­mo, anun­ci­ou a Qu­et­zal Edi­to­res, que chan­ce­la a obra. Olivier As­sayas se­rá o ar­gu­men­tis­ta, apon­tan­do-se a es­treia do fil­me pa­ra 2018, se­gun­do a mes­ma fon­te.

De Delphi­ne de Vi­gan fo­ram adap­ta­dos à 7.ª ar­te, en­tre ou­tros, os ro­man­ces “No Et Moi” e “À Coup Sûr”. O ro­man­ce “A Par­tir de uma His­tó­ria Ver­da­dei­ra” foi dis­tin­gui­do no ano pas­sa­do com os pré­mi­os Re­nau­dot e Gon­court des Ly­céens. É um li­vro “so­bre re­la­ções de po­der, so­bre o pa­pel do es­cri­tor e da li­te­ra­tu­ra”. “Um jo­go de es­pe­lhos com­ple­xo e há­bil, sem­pre en­tre a re­a­li­da­de e a fic­ção”, re­ma­ta a edi­to­ra.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Portugal

© PressReader. All rights reserved.