ARVO AN­NU­AL ME­E­TING 2014

OftalPro - - SUMÁRIO -

De 4 a 8 de maio de­cor­reu em Or­lan­do, Fló­ri­da, nos Es­ta­dos Uni­dos da Amé­ri­ca, a Reu­nião Anu­al da ARVO – As­so­ci­a­ti­on for Re­se­ar­ch in Vi­si­on and Oph­tal­mo­logy, um dos gran­des even­tos mun­di­ais das ci­ên­ci­as da vi­são.

De 4 a 8 de maio de­cor­reu em Or­lan­do, Fló­ri­da, nos Es­ta­dos Uni­dos da Amé­ri­ca, a Reu­nião Anu­al da ARVO – As­so­ci­a­ti­on for Re­se­ar­ch in Vi­si­on and Oph­tal­mo­logy, um dos gran­des even­tos mun­di­ais das ci­ên­ci­as da vi­são. Co­mo é cos­tu­me, os par­ti­ci­pan­tes con­ta­ram nes­ta se­ma­na com con­fe­rên­ci­as de ele­va­do ri­gor ci­en­tí­fi­co, em es­pe­ci­al de­vi­do às pa­les­tras or­ques­tra­das pe­los prin­ci­pais pro­fis­si­o­nais de re­co­nhe­ci­men­to in­ter­na­ci­o­nal em áre­as tão dis­tin­tas co­mo a neu­rof­tal­mo­lo­gia, cór­nea, glau­co­ma, es­tra­bis­mo, am­bli­o­pia, re­ti­na, en­tre mui­tas ou­tras. Destaque pa­ra a en­tre­ga do pré­mio Wei­sen­feld ao pre­si­den­te da As­so­ci­a­ção pa­ra In­ves­ti­ga­ção Bi­o­mé­di­ca e Ino­va­ção (AIBILI), Jo­sé Cu­nha-Vaz, pe­la sua car­rei­ra de mé­ri­to.

Es­ti­ma-se que cer­ca de 11 mil pes­so­as es­ti­ve­ram pre­sen­tes nes­te even­to, des­de clí­ni­cos, ci­en­tis­tas, in­ves­ti­ga­do­res, pes­so­al da edu­ca­ção mé­di­ca e, cla­ro, of­tal­mo­lo­gis­tas e ou­tros pro­fis­si­o­nais da vi­são. Pa­ra além pro­fis­si­o­nais dos Es­ta­dos Uni­dos da Amé­ri­ca, es­tes par­ti­ci­pan­tes des­lo­ca­ram-se de paí­ses co­mo Por­tu­gal, Aus­trá­lia, Rei­no Uni­do, Chi­na, Fran­ça e Paí­ses Bai­xos, en­tre ou­tros. Segundo a or­ga­ni­za­ção, a es­co­lha do te­ma do even­to, “Le­a­ding Eye and Vi­si­on Re­se­ar­ch”, foi ins­pi­ra­da nos vá­ri­os mem­bros da ARVO, exem­plos de li­de­ran­ça. O Oran­ge County Con­ven­ti­on Cen­ter, edi­fí­cio Sul, foi a in­fra­es­tru­tu­ra es­co­lhi­da pa­ra al­ber­gar es­te even­to. Di­vi­diu-se em dois sa­lões, o A e o B, em que o pri­mei­ro re­ce­beu ex­po­si­ções, ‘pos­ters’, al­gu­mas ini­ci­a­ti­vas co­mo o ARVO Cen­tral e o ARVO Gifts, con­ces­sões e apre­sen­ta­ções de ex­po­si­to­res. O segundo al­ber­gou o Ca­re­er Fo­rum, pa­les­tras, pré­mi­os (co­mo o Jo­an­ne G. An­gle, a mai­or dis­tin­ção ARVO pa­ra o re­co­nhe­ci­men­to de hon­ra do vo­lun­ta­ri­a­do) e a apre­sen­ta­ção da Al­con. Na gé­ne­se, es­te cen­tro de con­ven­ções foi o lo­cal on­de os in­ves­ti­ga­do­res da vi­são des­co­bri­ram os mais re­cen­tes avan­ços nas su­as áre­as de es­pe­ci­a­li­za­ção e não só. Ten­do em con­ta que o olho e a vi­são são in­dis­so­ciá­veis, per­fa­zem uma pla­ta­for­ma ide­al pa­ra des­co­brir ou­tras ci­ên­ci­as igual­men­te im­por­tan­tes, co­mo a neu­ro­ci­ên­cia, saú­de pre­ven­ti­va, en­tre ou­tras. Es­te pa­no­ra­ma ga­nha es­pe­ci­al re­le­vân­cia qu­an­do to­dos os mem­bros da ARVO são es­pe­ci­a­lis­tas de re­no­me nas su­as áre­as de es­pe­ci­a­li­za­ção, pe­lo que es­te even­to, mais que um en­con­tro de pro­fis­si­o­nais/ami­gos, é uma atu­a­li­za­ção cons­tan­te de sa­be­do­ria – uma pro­cu­ra do sa­ber mais de quem, à par­ti­da, es­tá no to­po do co­nhe­ci­men­to.

Cin­co di­as to­tal­men­te pre­en­chi­dos

Nes­tes cin­co di­as de reu­nião anu­al, os par­ti­ci­pan­tes pu­de­ram aten­der a vá­ri­as ses­sões ci­en­tí­fi­cas, de­di­ca­das às di­ver­sas áre­as das ci­ên­ci­as da vi­são. Co­mo é ha­bi­tu­al nes­te ti­po de con­gres­sos, ocor­re­ram os cur­sos pré-even­to, no dia 3 maio, com abor­da­gem aos te­mas da re­ti­no­pa­tia di­a­bé­ti­ca, bi­o­me­câ­ni­ca da cór­nea, te­ra­pia ocu­lar, te­le­me­di­ci­na em Of­tal­mo­lo­gia, en­tre ou­tros. A par­tir do dia 4, os par­ti­ci­pan­tes as­sis­ti­ram a dois mo­men­tos de sim­pó­si­os, um no pri­mei­ro e ou­tro no segundo dia, res­pe­ti­va­men­te: “Pa­to­lo­gia da neu­ro-in­fla­ma­ção re­ti­nal” e o “ROP: Fe­nó­ti­pos evo­luí­dos e os tra­ta­men­tos emer­gen­tes”; as “Cir­cu­la­ções ocu­la­res: tec­no­lo­gi­as e apli­ca­ções” e “Ge­né­ti­cas e a fi­si­o­pa­to­lo­gia da AMD: das SNP’s à mo­du­la­ção da do­en­ça”. A pa­les­tra de clí­ni­ca-ba­se, que ocu­pou gran­de par­te da tar­de do dia 4 de maio, foi su­bor­di­na­da ao te­ma “Do ban­co pa­ra a te­ra­pia: tra­du­zin­do a ge­né­ti­ca mo­le­cu­lar pa­ra a prá­ti­ca clí­ni­ca”. Des­ta­cou-se o pa­pel da mu­lher no Wo­men’s Le­a­dership Fo­rum e, ain­da, ses­sões de en­con­tros de ne­gó­ci­os, en­tre­ga de pré­mi­os, co­mu­ni­ca­ções li­vres, ‘pos­ters’, cur­sos, gru­pos de in­te­res­ses es­pe­ci­ais, ‘workshops’ e, tam­bém, o pro­gra­ma es­pe­ci­al do

Re­se­ar­ch Grant Ad­mi­nis­tra­tors. Mais, ti­ve­ram lu­gar pa­les­tras de con­vi­da­dos es­pe­ci­ais: a Proc­tor Lec­tu­re de Wof­gang Bo­ehr, a Co­gan Lec­tu­re, de Kirill Mar­te­maya­nov, e a Fri­e­denwald Lec­tu­re, de Krzys­tof Palc­zews­ki. Por­tu­gal par­ti­ci­pou nes­tes mo­men­tos, com gran­de re­le­vân­cia: a en­tre­ga do pré­mio Wei­sen­feld a Jo­sé Cu­nha-Vaz, pre­si­den­te da AIBILI. Uma no­me­a­ção des­te gé­ne­ro fo­ra dos EUA é ra­ra, pe­lo que o mé­ri­to é ain­da mais pe­cu­li­ar. Há mais de 40 anos que o Pré­mio re­co­nhe­ce va­ri­a­dos tra­ba­lhos den­tro da li­te­ra­tu­ra clí­ni­ca e ci­en­tí­fi­ca em Of­tal­mo­lo­gia, al­go co­mo 470 pu­bli­ca­ções. Tam­bém dis­tin­gue o Ins­ti­tu­to de Ima­gem Bi­o­mé­di­ca e Ci­ên­ci­as da Vi­da (IBILI) e a AIBILI, qu­an­to ao de­sen­vol­vi­men­to de in­ves­ti­ga­ção clí­ni­ca na Eu­ro­pa atra­vés do EVICR.net (Eu­ro­pe­an Vi­si­on Ins­ti­tu­te Cli­ni­cal Re­se­ar­ch Network), o Cen­tro Co­or­de­na­dor da Re­de Eu­ro­peia de Cen­tros de En­sai­os Clí­ni­cos em Of­tal­mo­lo­gia, que reú­ne 86 cen­tros de 18 paí­ses eu­ro­peus. O pró­prio Jo­sé Cu­nha-Vaz foi pro­ta­go­nis­ta de uma pa­les­tra de destaque na Reu­nião, a Wei­sen­feld Lec­tu­re, na qual apre­sen­tou os “Fe­nó­ti­pos e bi­o­mar­ca­do­res da re­ti­no­pa­tia di­a­bé­ti­ca”.

Pa­ra além da ci­ên­cia

A par da ci­ên­cia pro­pri­a­men­te di­ta, hou­ve uma ga­la, a Do­wling So­ci­ety Ga­la Awards, uma ce­ri­mó­nia que in­cluiu um jan­tar. O pró­prio pro­gra­ma so­ci­al foi de gran­de agra­do dos par­ti­ci­pan­tes, que ti­ve­ram di­rei­to a uma vi­si­ta ao par­que Uni­ver­sal Stu­di­os na Flo­ri­da, on­de se en­con­tra o Uni­ver­sal Or­lan­do Resort e a Uni­ver­sal Stu­di­os Sto­re. As­sis­ti­ram a um con­cer­to do gru­po ARVO Rocks e a ou­tro de mú­si­ca clás­si­ca (com a pres­ta­ção mu­si­cal de mem­bros da ARVO). A noi­te de ‘ka­ra­o­ke’ no IceBar Or­lan­do, um mar­co na ci­da­de pe­la sua de­co­ra­ção a fa­zer lem­brar o Ár­ti­co, impôs uma dis­po­si­ção mais in­for­mal pa­ra gran­de des­con­tra­ção dos par­ti­ci­pan­tes.

“Power­ful Con­nec­ti­ons: Vi­si­on Re­se­ar­ch and On­li­ne Networ­king”

No úl­ti­mo dia do even­to, a fa­mo­sa mas­co­te de Den­ver, um ur­so azul, es­te­ve em Or­lan­do pa­ra apre­sen­tar aos par­ti­ci­pan­tes o que re­ser­va 2015. E ti­rar al­gu­mas fo­to­gra­fi­as com os pro­fis­si­o­nais. A pró­xi­ma reu­nião se­rá no Co­lo­ra­do, na ci­da­de de Den­ver, su­bor­di­na­da ao te­ma “Power­ful Con­nec­ti­ons: Vi­si­on Re­se­ar­ch and On­li­ne Networ­king”, com um pro­gra­ma ci­en­tí­fi­co que ex­plo­ra­rá a im­por­tân­cia cres­cen­te do ‘on­li­ne’ nas ci­ên­ci­as da vi­são.

Jo­sé Cu­nha-Vaz

Isa­bel­le Au­do (Cen­tre de Re­cher­che Ins­ti­tut de la Vi­si­on, Fran­ça), Mathi­as Se­e­li­ger (Cen­tre for Ophthal­mo­logy Uni­ver­sity of Tü­bin­gen, Ale­ma­nha), Ka­tarzy­na Ma­kowi­ec­ka (of­tal­mo­lo­gis­ta, Fran­ça), Mi­guel Cas­te­lo-Bran­co, Só­nia Fer­rei­ra e Al­di­na Reis (IBILI da Uni­ver­si­da­de de Coimbra, Por­tu­gal)

Jo­sé Cu­nha-Vaz

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Portugal

© PressReader. All rights reserved.