OF: NP:

OftalPro - - ENTREV ISTA -

Sem dú­vi­da! O mo­de­lo da lin­ke­ca­re ba­seia-se nu­ma pre­mis­sa mui­to sim­ples: ser gra­tui­ta e aces­sí­vel a to­dos. Co­mo a pla­ta­for­ma não tem cus­tos, por­que qui­se­mos evi­tar to­das as bar­rei­ras ao seu uso, as nos­sas fon­tes de re­cei­ta es­tão di­re­ta­men­te li­ga­das ao nú­me­ro de uti­li­za­do­res da apli­ca­ção e, con­se­quen­te­men­te, à pu­bli­ci­da­de as­so­ci­a­da. A nos­sa es­tra­té­gia te­ve um efei­to ime­di­a­to e fez com que o nú­me­ro de ade­sões cres­ces­se a uma ve­lo­ci­da­de alu­ci­nan­te. A nos­sa mis­são é cri­ar im­pac­to na área da saú­de e is­so não se faz com 10 mil, 50 mil ou 100 mil uti­li­za­do­res, mas sim com mui­tos mi­lhões de “as­si­na­tu­ras”. De­ci­di­mos, por­tan­to, ini­ci­ar com o pro­ces­so de in­ter­na­ci­o­na­li­za­ção da lin­ked­ca­re. Te­mos, pa­ra já, acor­dos com a Ir­lan­da e com o Bra­sil (até no­vem­bro des­te ano, a pla­ta­for­ma te­rá

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Portugal

© PressReader. All rights reserved.