Jo­sé Guilherme Monteiro:

OftalPro - - INQUÉRITO -

Não tem uma res­pos­ta fá­cil, pois de­pen­de de mui­tos fa­to­res – dos con­cei­tos so­ci­ais (e nor­mas le­gais) exis­ten­tes, do ní­vel cul­tu­ral e ca­pa­ci­da­de de com­pre­en­são do do­en­te, da sua emo­ti­vi­da­de e da gra­vi­da­de da “má no­tí­cia” a dar. Co­mo tal, não há uma res­pos­ta úni­ca por­que as di­fi­cul­da­des de­pen­dem do que foi re­fe­ri­do.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Portugal

© PressReader. All rights reserved.