Entrevista: An­dré Brodheim, Gru­po Brodheim/Mo­da­vi­são

A Mo­da­vi­são anun­ci­ou re­cen­te­men­te a mu­dan­ça da sua ima­gem, in­cluin­do tam­bém al­te­ra­ções na es­tru­tu­ra da equi­pa. Fa­lá­mos, por is­so, com o di­re­tor ge­ral da em­pre­sa, An­dré Brodheim, que nos ex­pli­cou to­da a es­tra­té­gia e fi­lo­so­fia da “ca­sa” que di­ri­ge. “Pau­ta­mo

Opticapro - - Sumário -

Óp­ti­caP­ro: Atu­a­li­za­ram re­cen­te­men­te o lo­gó­ti­po da Mo­da­vi­são. Porquê? An­dré Brodheim:

A ima­gem an­te­ri­or da Mo­da­vi­são acom­pa­nha­va-nos des­de 1992. Ape­sar de ar­ro­ja­da pa­ra a al­tu­ra, sen­ti­mos que es­ta­va na ho­ra de a atu­a­li­zar. Em 1951, a em­pre­sa co­me­ça com o lo­gó­ti­po “Erich Brodheim, Mo­das e Óp­ti­cas Lda.”, e em 1992 é cri­a­da a Mo­da Vi­são S.A. Ago­ra, 22 anos de­pois, re­no­va­mos o ‘lo­ok' da Mo­da­vi­são pa­ra uma ima­gem mais mo­der­na e ele­gan­te. A im­por­tân­cia de man­ter os va­lo­res, his­tó­ria, tra­di­ção e ex­ce­lên­cia da em­pre­sa são fun­da­men­tais na cons­tru­ção do lo­gó­ti­po e que­ría­mos que a no­va ima­gem man­ti­ves­se os tons ori­gi­nais (pre­to, cin­za e ver­me­lho), fa­zen­do as­sim a li­ga­ção com a an­te­ri­or.

OP: Ao mes­mo tem­po, anun­ci­am al­te­ra­ções na vos­sa equi­pa. O que mu­dou? AB:

Des­de 2012 que a Mo­da­vi­são se tem re­no­va­do gra­du­al­men­te. Es­te pro­ces­so foi re­a­li­za­do de for­ma na­tu­ral e co­mo res­pos­ta às ne­ces­si­da­des que iden­ti­fi­cá­mos no mer­ca­do da Óp­ti­ca. A equi­pa man­tém o ADN de qua­li­da­de e ri­gor da em­pre­sa, acres­cen­tan­do ex­pe­ri­ên­cia de ou­tros se­to­res e um no­vo di­na­mis­mo. Sen­ti­mos que es­ta­mos pre­pa­ra­dos pa­ra os de­sa­fi­os do mer­ca­do e que­re­mos, co­mo sem­pre, con­ti­nu­ar a sur­pre­en­der os nos­sos cli­en­tes!

OP: Afir­mam, no en­tan­to, que man­têm a tra­di­ção. Co­mo con­se­guem mu­dar e man­ter-se fiéis à em­pre­sa que sur­giu em 1951? AB:

A Mo­da­vi­são es­tá in­te­gra­da no Gru­po Brodheim des­de a sua gé­ne­se. Am­bas as em­pre­sas de­mons­tra­ram sem­pre ele­va­dos pa­drões de éti­ca e res­pon­sa­bi­li­da­de so­ci­al, sen­do que es­tas ques­tões são con­si­de­ra­das pe­dras ba­si­la­res no de­sen­vol­vi­men­to dos ne­gó­ci­os. A en­tra­da dos no­vos ele­men­tos na em­pre­sa foi re­a­li­za­da con­si­de­ran­do sem­pre os mais ele­va­dos pa­drões de exi­gên­cia, de for­ma a man­ter­mos a tra­di­ção de ri­gor e qua­li­da­de da em­pre­sa, mas acres­cen­tan­do-lhe di­na­mis­mo e fle­xi­bi­li­da­de pa­ra nos adap­tar­mos aos cli­en­tes.

OP: E co­mo des­cre­ve a equi­pa da Mo­da­vi­são? Pe­lo ví­deo que co­lo­ca­ram no vos­so ‘si­te’, pa­re­cem bem-dis­pos­tos e di­ver­ti­dos...

AB: So­mos uma equi­pa uni­da e di­nâ­mi­ca. Po­si­ti­vos e com ati­tu­de. Es­ta­mos fo­ca­dos em ofe­re­cer o me­lhor ser­vi­ço do mer­ca­do

e em ga­ran­tir­mos to­do o apoio aos nos­sos cli­en­tes. O nos­so su­ces­so e o dos nos­sos cli­en­tes es­tá to­tal­men­te in­ter­li­ga­do e a equi­pa tra­ba­lha to­dos os di­as com fo­co na cri­a­ção e pro­mo­ção de par­ce­ri­as de su­ces­so. E is­to não evi­ta que pos­sa­mos ser bem-dis­pos­tos e di­ver­ti­dos no de­sen­vol­vi­men­to das nos­sas fun­ções. Ado­ra­mos um bom de­sa­fio e tra­ba­lha­mos com pai­xão e cri­a­ti­vi­da­de no de­sen­vol­vi­men­to do ne­gó­cio.

OP: Atu­al­men­te, dis­tri­bu­em as mar­cas Si­lhou­et­te, adi­das Eyewe­ar e ProDe­sign Den­mark. Co­mo des­cre­ve es­tas mar­cas? AB:

A Si­lhou­et­te é a nos­sa ban­dei­ra. Es­tá con­nos­co des­de 1971. Foi des­de es­sa al­tu­ra se­le­ci­o­na­da pe­la sua gran­de qua­li­da­de e ex­ce­lên­cia téc­ni­ca, as­sim co­mo ele­va­dos ní­veis es­té­ti­cos. É uma mar­ca ex­clu­si­va­men­te óp­ti­ca, de­sen­vol­vi­da e fa­bri­ca­da na Áus­tria, re­co­nhe­ci­da pe­las ino­va­ções que traz ao mer­ca­do da Óp­ti­ca e pe­la qua­li­da­de de ca­da co­le­ção. É a lí­der de mer­ca­do no seg­men­to ‘pre­mium'. A adi­das, co­mo mar­ca, qua­se dis­pen­sa apre­sen­ta­ções. No en­tan­to, é mui­to im­por­tan­te re­fe­rir que o ‘eyewe­ar' da mar­ca é de­sen­vol­vi­do e pro­du­zi­do pe­la Si­lhou­et­te, o que ates­ta o ní­vel de qua­li­da­de e ino­va­ção des­te pro­du­to. Lí­der in­ter­na­ci­o­nal no seg­men­to de ócu­los pa­ra des­por­to, apre­sen­ta ain­da uma ex­ce­len­te ga­ma of­tál­mi­ca que a Mo­da­vi­são se en­con­tra atu­al­men­te a pro­mo­ver. A adi­das es­tá di­vi­di­da em três áre­as: Of­tál­mi­co, Per­for­man­ce Sports e Ori­gi­nals. Es­tes úl­ti­mos ofe­re­cem uma li­nha des­con­traí­da, eco­nó­mi­ca e li­ga­da às ten­dên­ci­as da mo­da. No ca­so da ProDe­sign Den­mark, o ‘de­sign' di­na­marquês clás­si­co é a ba­se dos seus pro­du­tos, mas acres­cen­tam sem­pre umas “go­tas” de al­go sur­pre­en­den­te - al­go ines­pe­ra­do. Pre­ten­de-se equi­li­brar o clás­si­co e o mo­der­no com o ar­ro­ja­do e le­ve pa­ra man­ter con­ti­nu­a­men­te atu­a­li­za­dos os es­ti­los clás­si­cos. O mais im­por­tan­te é sem­pre a cri­a­ção de ar­ma­ções que es­pe­lhem uma re­al si­ner­gia en­tre a ca­ra e a ar­ma­ção. Am­bas têm de in­te­ra­gir de for­ma a cri­ar uma sim­bi­o­se pu­ra en­tre a ar­ma­ção e o seu uti­li­za­dor.

OP: E porquê in­cluir a ProDe­sign Den­mark no por­te­fó­lio da Mo­da­vi­são? AB:

Após um ci­clo de re­no­va­ção na em­pre­sa, sen­ti­mos que es­tá­va­mos pre­pa­ra­dos pa­ra mais um gran­de de­sa­fio, co­mo o lan­ça­men­to de uma no­va mar­ca. Com a ProDe­sign Den­mark pre­ten­de­mos es­tar pre­sen­tes nu­ma fai­xa do mer­ca­do pa­ra a qual até ago­ra não tí­nha­mos res­pos­ta. Am­bi­ci­o­na­mos com es­te lan­ça­men­to re­for­çar as nos­sas par­ce­ri­as de su­ces­so, ofe­re­cen­do uma ga­ma mais com­ple­ta. Se­le­ci­o­na­mos uma mar­ca que nos ga­ran­te um ex­ce­len­te ní­vel de ser­vi­ço e lo­gís­ti­ca, as­sim co­mo uma ga­ma mui­to com­ple­ta e de gran­de qua­li­da­de. OP: Es­ta “aqui­si­ção” es­tá re­la­ci­o­na­da tam­bém com to­da a mu­dan­ça ope­ra­da na em­pre­sa?

AB: Es­tá re­la­ci­o­na­da com o no­vo ci­clo ini­ci­a­do na em­pre­sa há dois anos. O ob­je­ti­vo de

cres­ci­men­to da Mo­da­vi­são con­si­de­ra os ei­xos de con­so­li­da­ção das nos­sas mar­cas atu­ais e o lan­ça­men­to de no­vas. A in­tro­du­ção des­ta no­va li­nha de pro­du­to irá per­mi­tir alar­gar a ofer­ta de so­lu­ções de qua­li­da­de que apre­sen­ta­mos aos nos­sos cli­en­tes, em di­fe­ren­tes seg­men­tos de mer­ca­do. Acre­di­ta­mos que a Mo­da­vi­são tem mais po­ten­ci­al pa­ra ofe­re­cer ao mer­ca­do da Óp­ti­ca e que­re­mos re­for­çar ca­da vez mais a re­la­ção que te­mos com os nos­sos cli­en­tes.

OP: Quais são os ob­je­ti­vos da Mo­da­vi­são pa­ra um fu­tu­ro pró­xi­mo? AB:

O prin­ci­pal ob­je­ti­vo da Mo­da­vi­são é ter um ser­vi­ço de ex­ce­lên­cia pa­ra com os seus cli­en­tes. Es­sa é, de fac­to, a ba­se do nos­so tra­ba­lho. Em re­la­ção às mar­cas, que­re­mos con­so­li­dar ca­da vez mais a Si­lhou­et­te, man­ten­do sem­pre uma dis­tri­bui­ção se­le­ti­va e com a de­di­ca­ção de ca­da cli­en­te. Na adi­das, que­re­mos for­ta­le­cer es­ta mar­ca no nos­so mer­ca­do, pois sen­ti­mos que exis­te ca­da vez mais pro­cu­ra de­vi­do ao au­men­to de des­por­to pra­ti­ca­do em Por­tu­gal. A ProDe­sign Den­mark é a nos­sa mais re­cen­te apos­ta e acre­di­ta­mos que irá sur­pre­en­der o mer­ca­do. Co­me­ça­rá em 2014 uma his­tó­ria lon­ga e du­ra­dou­ra no mer­ca­do por­tu­guês.

OP: Que men­sa­gem gos­ta­ria de dei­xar? AB:

Fa­ço par­te da ter­cei­ra ge­ra­ção de uma fa­mí­lia que, des­de 1951, es­tá pre­sen­te no se­tor Óp­ti­co. E, com a mes­ma am­bi­ção das ge­ra­ções an­te­ri­o­res, acre­di­to que es­ta em­pre­sa tem to­das as con­di­ções pa­ra con­ti­nu­ar a sur­pre­en­der o mer­ca­do com qua­li­da­de, tec­no­lo­gia, ino­va­ção, ca­rac­te­rís­ti­cas sem­pre ali­a­das a um ser­vi­ço ao cli­en­te de ex­ce­lên­cia. Que­re­mos ca­da vez mais es­tar pró­xi­mos dos nos­sos cli­en­tes e ser um ver­da­dei­ro ali­a­do no dia a dia, apoi­an­do-os o mais pos­sí­vel nas su­as ven­das e ofe­re­cen­do sem­pre o me­lhor pro­du­to do mer­ca­do. Es­pe­ro que con­ti­nu­e­mos a me­re­cer a con­fi­an­ça dos nos­sos cli­en­tes e as­sim con­se­guir­mos che­gar aos 100 anos de ati­vi­da­de!

An­dré Brodheim

Pedro Sou­sa (con­sul­tor de ne­gó­cio Si­lhou­et­te - zo­na nor­te), An­tó­nio Me­lo (con­sul­tor de ne­gó­cio adi­das e Prode­sign), An­dré Brodheim (op­ti­cal & mar­ke­ting exe­cu­ti­ve ma­na­ger), Hé­lia Du­ar­te (op­ti­cal mar­ke­ting trai­nee), Pau­lo San­tos (op­ti­cal as­sis­tant), Ro­dri­go Ne­ves (op­ti­cal su­per­vi­sor), João Bri­to (con­sul­tor de ne­gó­cio Si­lhou­et­te - zo­na Lis­boa), Ale­xan­dra Con­de­ço (op­ti­cal mar­ke­ting co­or­di­na­tor) e Pedro Pin­to (con­sul­tor de ne­gó­cio Si­lhou­et­te - zo­na cen­tro, sul e ilhas).

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Portugal

© PressReader. All rights reserved.