En­tre­vis­ta Tes­te­mu­nho: Francisco Pa­ren­te, Ins­ti­tu­top­ti­co

Opticapro - - Sumário -

Com uma his­tó­ria de 59 anos, a Óp­ti­ca Pa­ren­te or­gu­lha-se de ser só­ci­a­fun­da­do­ra do Ins­ti­tu­top­ti­co, em 1989. Tal co­mo o gru­po 100% por­tu­guês, es­ta óti­ca de ca­riz fa­mi­li­ar pau­ta-se por va­lo­res co­mo “qua­li­da­de, pro­fis­si­o­na­lis­mo, com­pe­tên­cia, di­na­mis­mo, van­guar­dis­mo, ho­nes­ti­da­de e mui­to tra­ba­lho. Não é por aca­so que a em­pre­sa tem si­do con­si­de­ra­da PME Lí­der ao lon­go do tem­po e, no úl­ti­mo ano, PME Ex­ce­lên­cia”.

Óp­ti­caP­ro: Qual é a his­tó­ria da Óp­ti­ca Pa­ren­te?

Francisco Pa­ren­te: A Óp­ti­ca Pa­ren­te nas­ceu em 1956 em Lamego, na Rua de Al­ma­ca­ve, co­mo uma sec­ção da Far­má­cia Pa­ren­te, que in­cluía ain­da um la­bo­ra­tó­rio de aná­li­ses clí­ni­cas e um pos­to de en­fer­ma­gem. Os seus fun­da­do­res (pais dos atu­ais pro­pri­e­tá­ri­os) eram pes­so­as li­ga­das ao ra­mo da saú­de, ten­do uma pre­o­cu­pa­ção es­pe­ci­al pa­ra com o be­mes­tar da po­pu­la­ção lo­cal, on­de a exis­tên­cia de cui­da­dos de saú­de era mui­to exí­gua e a pos­si­bi­li­da­de de re­cor­rer a re­cur­sos nou­tras zo­nas era mui­to di­fí­cil. Em 1983, em­bo­ra com os mes­mos pro­pri­e­tá­ri­os, tor­nou-se nu­ma em­pre­sa au­tó­no­ma em re­la­ção à Far­má­cia Pa­ren­te, ten­do vin­do a cres­cer ao lon­go do tem­po. Após o fa­le­ci­men­to dos seus fun­da­do­res, a con­ti­nui­da­de e o

Francisco Pa­ren­te

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Portugal

© PressReader. All rights reserved.