Epos Eyewe­ar: ex­clu­si­vi­da­de e mui­ta qua­li­da­de pa­ra 2017

Opticapro - - Ópticapro 165 Reportagem -

A Epos Eyewe­ar é uma mar­ca in­tem­po­ral, que pro­cu­ra a ins­pi­ra­ção em no­mes len­dá­ri­os. Sur­giu em Itália com ape­nas três mo­de­los. Ho­je de­tém uma li­nha mais vas­ta, com de­se­nhos clás­si­cos e uma apos­ta evi­den­te em ma­te­ri­ais ino­va­do­res. “Born to be le­gends” é o slo­gan da Epos Eyewe­ar, uma mar­ca ita­li­a­na que se de­di­ca à cri­a­ção de ócu­los in­tem­po­rais. São mo­de­los clás­si­cos, com um to­que de mo­der­ni­da­de, que per­du­ram de ge­ra­ção em ge­ra­ção e pro­por­ci­o­nam atu­a­li­da­de a qual­quer lo­ok. No si­te www.epos­mi­la­no.com, o CEO e

fundador des­ta in­síg­nia con­ta um pou­co da sua história. “O meu avô ves­tia, com gran­de su­ces­so, a no­bre­za que fre­quen­ta­va os clubes e os te­a­tros de eli­te em Mi­lão. Or­gu­lha­va­se de pro­je­tar uma ele­gân­cia “eter­na” nos seus cli­en­tes. Cer­to dia, olhou pa­ra um cavalheiro que ves­tia um fa­to re­quin­ta­do e usa­va ócu­los ex­tre­ma­men­te char­mo­sos. Era um fa­mo­so ar­queó­lo­go in­glês que ama­va a cul­tu­ra e os mi­tos épi­cos dos deu­ses gre­gos do Olim­po”. R. Man­to­va­ni afir­mou que foi aque­le mo­men­to que im­pul­si­o­nou o sur­gi­men­to da mar­ca Epos. “Na­que­la noi­te, já em ca­sa, o meu avô co­me­çou a de­se­nhar ar­ma­ções ins­pi­ra­das nes­se ar­queó­lo­go. Pro­je­tou ócu­los com for­mas har­mo­ni­o­sas e ele­gan­tes, de co­res só­bri­as e na­tu­rais, dan­do-lhe um cu­nho de in­tem­po­ra­li­da­de”. Ele não te­ve tem­po de aca­bar o pro­je­to, mas o seu ne­to deu-lhe con­ti­nui­da­de e fun­dou as­sim a Epos Eyewe­ar, uma li­nha de ócu­los “sem tem­po”, de no­mes len­dá­ri­os. Es­ta mar­ca vin­ta­ge di­vi­de- se ho­je em qua­tro gran­des co­le­ções: Clas­sic, Cho­rus Li­ne, Epic Wo­od e Le­gend. Em Por­tu­gal, a mar­ca é dis­tri­buí­da pe­la Ati­tóp­ti­ca.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Portugal

© PressReader. All rights reserved.