IN­TE­LI­GÊN­CIA AR­TI­FI­CI­AL

PC Guia - - EDITORIAL | INDICE -

Com o lan­ça­men­to do Ma­te 10, com o seu SoC Ki­rin 970 a Huawei fez uma coi­sa que con­si­de­ro mui­to in­te­res­san­te e que po­de vir a ser o mo­tor da evo­lu­ção da pró­xi­ma ge­ra­ção de smartpho­nes: in­te­grou no SoC um chip a que cha­mou Neu­ral Pro­ces­sing Unit (NPU) que per­mi­te ace­le­rar as ope­ra­ções ma­te­má­ti­cas re­la­ci­o­na­das com ta­re­fas de in­te­li­gên­cia ar­ti­fi­ci­al. Pa­ra já, es­te no­vo pro­ces­sa­dor só es­tá re­ser­va­do pa­ra fun­ci­o­na­li­da­des que vêm in­cluí­das nas apli­ca­ções que fa­zem par­te da in­ter­fa­ce EMUI 8, co­mo a app de fo­to­gra­fia ou a de op­ti­mi­za­ção dos re­cur­sos do Ma­te 10, mas o fu­tu­ro es­tá em aber­to. A em­pre­sa anun­ci­ou que es­te chip po­de ser usa­do com um con­jun­to de API de­di­ca­das ao de­sen­vol­vi­men­to de apli­ca­ções de in­te­li­gên­cia ar­ti­fi­ci­al. Por is­so, da­qui a pou­co, po­de vir a exis­tir um as­sis­ten­te pes­so­al no te­le­fo­ne que con­se­gue an­te­ci­par as ne­ces­si­da­des do uti­li­za­dor e dar in­for­ma­ção ou con­tac­tar au­to­ma­ti­ca­men­te ou­tras pes­so­as, por exem­plo qu­an­do o uti­li­za­dor es­tá atra­sa­do pa­ra uma reu­nião, tu­do sem a ne­ces­si­da­de de se es­tar a en­vi­ar e re­ce­ber da­dos de um qual­quer ser­vi­dor re­mo­to, pois o hard­ware lo­cal faz tu­do. Só es­pe­ro que ou­tras mar­cas co­me­cem a in­te­grar hard­ware des­te ti­po nos seus pro­du­tos e que não obri­guem os pro­gra­ma­do­res a usar API pró­pri­as que só fun­ci­o­nam nos seus ter­mi­nais, pa­ra que o pe­so da quan­ti­da­de de uti­li­za­do­res em to­do o mun­do fa­ça des­per­tar es­te mer­ca­do que tem tan­to po­ten­ci­al. Uma pe­que­na no­ta vai pa­ra o An­droid em si. Sou uti­li­za­dor de iOS, não es­con­do, as in­cur­sões que fa­ço no am­bi­en­te An­droid são, por ve­zes, ex­pe­ri­ên­ci­as es­tra­nhas. Uma das coi­sas que fa­zem al­gu­ma con­fu­são no An­droid é a fra­ca qua­li­da­de de mui­tas das apli­ca­ções prin­ci­pais. Ci­to ape­nas es­te exem­plo: a app do Ins­ta­gram, ca­da vez que é ac­tu­a­li­za­da (tal­vez du­as ve­zes por mês), obri­ga o uti­li­za­dor a re­fa­zer as li­ga­ções às pá­gi­nas de Fa­ce­bo­ok que ge­re e on­de quer pu­bli­car por de­fei­to. Is­so não se pas­sa na con­cor­rên­cia. A fal­ta de qua­li­da­de tam­bém se mos­tra no de­sem­pe­nho, que em mui­tos ca­sos, fi­ca mui­to atrás do das mes­mas apli­ca­ções pa­ra iOS. Tal­vez a Go­o­gle de­ves­se ter uns pa­drões de con­tro­lo mais aper­ta­dos pa­ra as apli­ca­ções que co­lo­ca na sua lo­ja…

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Portugal

© PressReader. All rights reserved.