Há uma app pa­ra tu­do

PC Guia - - APPS - An­tó­nio Sim­plí­cio sim­pli­am@gmail.com

Ma­nu­e­las de Ci­da­da­nia

Is­to tal­vez cau­se mui­ta cha­ti­ce às Ma­nu­e­las, mas pa­re­ce que além da gen­te que cor­re tam­bém há ca­da vez mais pes­so­as com a ma­nia de se mon­tar em ci­ma de bi­ci­cle­tas e an­dar pe­las ci­da­des a im­por­tu­nar os car­ros. Mais. Há fai­xas das vi­as de ro­da­gem a se­rem re­ti­ra­das aos car­ros pa­ra da­rem ori­gem a ci­clo­vi­as pin­ta­das com um ver­de es­can­da­lo­sa­men­te clu­bís­ti­co. Is­so sim, é mo­ti­vo pa­ra ir­ri­tar um ga­jo. Que é fei­to da­que­les pisos que ab­sor­vem os rai­os ul­tra­vi­o­le­tas e tor­nam as ci­clo­vi­as à noi­te em céus de noi­tes es­tre­la­das a man­dar pa­ra uma au­ro­ra bo­re­al? En­fim. Ad­mi­tin­do as­sim que es­ta ma­nia es­tú­pi­da de fa­zer exer­cí­cio fí­si­co nas ci­da­des veio pa­ra fi­car há al­go que ain­da as­sim po­de ali­vi­ar as Ma­nu­e­las. Pe­lo me­nos, com as bi­ci­cle­tas. Não só o ser­vi­ço que é dis­po­ni­bi­li­za­do aos lis­bo­e­tas – o ago­ra de­no­mi­na­do Gi­ra – é, em gran­de par­te, su­por­ta­do por bi­ci­cle­tas eléc­tri­cas ca­pa­zes de qua­se atin­gir a ve­lo­ci­da­de má­xi­ma da cir­cu­la­ção em ci­da­de - e as­sim não atra­pa­lhar os veí­cu­los automóveis - co­mo ago­ra qual­quer bi­ci­cle­ta po­de ser trans­for­ma­da em hí­bri­da. A Su­per­pe­des­tri­an é um con­cei­to que

Há fai­xas das vi­as de ro­da­gem a se­rem re­ti­ra­das aos car­ros pa­ra da­rem ori­gem a ci­clo­vi­as pin­ta­das com um ver­de es­can­da­lo­sa­men­te clu­bís­ti­co.

tem por ba­se a ins­ta­la­ção de um dis­po­si­ti­vo na ro­da tra­sei­ra de uma bi­ci­cle­ta con­ven­ci­o­nal e a trans­for­ma, com re­cur­so a um mo­tor elé­tri­co re­car­re­gá­vel, nu­ma e-bi­ke ca­paz de tor­nar a sua pe­da­la­da dez a vin­te ve­zes mais for­te e per­cor­rer dis­tân­ci­as de até 50 km nes­se mo­do de su­per peão. A com­bi­na­ção da tec­no­lo­gia, usa­da atra­vés da app Whe­el no seu smartpho­ne, per­mi­te de­pois que a for­ça ge­ra­da se­ja sin­cro­ni­za­da com a sua pe­da­la­da de for­ma a que a ener­gia se­ja am­pli­fi­ca­da au­to­ma­ti­ca­men­te e, ao tra­var, a ener­gia ci­né­ti­ca re­car­re­gue a ba­te­ria. No fun­do aqui­lo que to­dos aque­les lou­cos que cor­rem e pe­da­lam pe­las ci­da­des ten­tam fa­zer: re­car­re­gar ba­te­ri­as. Sor­te te­rá a Na­tu­ral Cy­cles que as Ma­nu­e­las já não ovu­lem ou a app con­tra­ce­ti­va, cer­ti­fi­ca­da na União Eu­ro­peia e dis­po­ní­vel em to­do o mun­do, que es­tá a ser acu­sa­da de 37 gra­vi­de­zes não pla­ne­a­das na Sué­cia es­ta­ria em maus len­çóis. Afi­nal é re­sul­ta­do de um des­por­to que ca­da vez mais se pra­ti­ca tam­bém fo­ra de por­tas.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Portugal

© PressReader. All rights reserved.