+

Publico - Fugas - - PRIMEIRA PÁGINA -

As obras na ci­da­de de Lis­boa são uma cons­tan­te e quem so­be a Rua da Mi­se­ri­cór­dia, do Chi­a­do pa­ra o Mi­ra­dou­ro de São Pe­dro de Al­cân­ta­ra, já con­fir­mou que a rua es­tá mais se­gu­ra, já que não é pre­ci­so ca­mi­nhar fo­ra do pas­seio. Is­to sig­ni­fi­ca que as obras no Pa­lá­cio dos Con­des de Lu­mi­a­res ter­mi­na­ram e os ta­pu­mes de­sa­pa­re­ce­ram, dan­do lu­gar a um edi­fí­cio re­no­va­do por den­tro e por fo­ra.

Por fo­ra, o bran­co do­mi­na, pon­te­a­do pe­las al­tas ja­ne­las de­bru­a­das a negro. Por den­tro, o pre­to e bran­co tam­bém mar­cam o chão la­dri­lha­do, as pa­re­des do ele­va­dor, as­sim co­mo a de­co­ra­ção do no­vo Ho­tel Lu­mi­a­res ou, mais pre­ci­sa­men­te, The Lu­mi­a­res Lu­xury Ho­tel Apart­ment. São 53 apar­ta­men­tos, de es­tú­di­os a T2, com co­zi­nha equi­pa­da e um es­pa­ço aco­lhe­dor pa­ra es­tar em fa­mí­lia.

“Sem­pre qui­se­mos de­se­nhar al­go on­de gos­tás­se­mos de es­tar: uma ca­sa, com spa e to­das as co­mo­di­da­des de um ho­tel, que ti­ves­se um ar des­con­traí­do”, de­fi­ne Ca­ro­li­ne Lowe, di­rec­to­ra de ma-

No Lu­mi­a­res des­ta­cam­se pe­ças de de­co­ra­ção co­mo o can­de­la­bro (na fo­to ao la­do) do de­sig­ner Be­au McC­lel­lan. Há tam­bém uma ta­pe­ça­ria de pa­re­de te­ci­da à mão pe­la Fer­rei­ra de Sá, um dos fa­bri­can­tes mais an­ti­gos de ta­pe­tes ar­te­sa­nais da Eu­ro­pa

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Portugal

© PressReader. All rights reserved.