Cas­cais Mi­ra­gem: à fren­te do mar, mas a es­prei­tar a ser­ra

Publico - Fugas - - PRIMEIRA PÁGINA -

Che­ga­mos à pres­sa, de­pois de um dia de tra­ba­lho. O que cus­ta mes­mo é sair de Lis­boa, de­pois o ca­mi­nho faz- se bem e ra­pi­da­men­te, pe­la Mar­gi­nal, em di­rec­ção a Cas­cais, mes­mo cum­prin­do os li­mi­tes de ve­lo­ci­da­de exi­gi­dos. Che­gar ao Cas­cais Mi­ra­gem é en­trar num mundo de re­quin­te e ele­gân­cia. A sim­pa­tia é pon­to as­sen­te e per­cor­re to­da a equi­pa des­ta uni­da­de ho­te­lei­ra do Gru­po Jo­sé Cris­tó­vão (GJC).

Che­ga­mos em ci­ma da ho­ra pa­ra fa­zer uma mas­sa­gem no spa do Hol­mes Pla­ce. Além do gi­ná­sio, as sa­las de te­ra­pia são vá­ri­as e há mes­mo uma que fi­ca de fren­te pa­ra o mar e tem du­as me­sas de mas­sa­gem pa­ra usar, por exem­plo, com al­guém de quem se gos­ta mui­to. O spa ofe­re­ce uma sé­rie de tra­ta­men­tos e te­ra­pi­as que vão das mais ener­gé­ti­cas às re­la­xan­tes. Pa­ra quem che­ga à pres­sa e de­pois de um dia de tra­ba­lho, o que se pe­de é que a mas­sa­gem se­ja re­la­xan­te, de ma­nei­ra a que o cor- po e a mente en­trem em har­mo­nia e se preparem pa­ra a pró­xi­ma ex­pe­ri­ên­cia.

Jo­sé Bran­co, di­rec­tor- ge­ral do Cas­cais Mi­ra­gem, re­ce­be a Fu­gas com sim­pa­tia e faz as hon­ras da ca­sa, ofe­re­cen­do uma be­bi­da que se be­be jun­to à pis­ci­na – com o na­da­dor salvador sem­pre aten­to e on­de ain­da há hós­pe­des a usu­fruir do fi­nal de um dia de Ve­rão – com cer­ca de 180 es­pre­gui­ça­dei­ras, além de so­fás, me­sas e ca­dei­ras e uma pér­go­la pa­ra mas­sa­gens. O ho­tel tem dois ba­res, um fi­ca jun­to à pis­ci­na e ou­tro fun­ci­o­na pa­ra as reu­niões e even­tos que acon­te­cem na­que­le es­pa­ço com tal di­men­são que é pos­sí­vel, por exem­plo, ex­por au­to­mó­veis.

À nos­sa fren­te fi­ca a li­nha de com­boio e o mar. Lá ao fun­do está a Cos­ta da Ca­pa­ri­ca. Mas, mais per­to, do la­do di­rei­to, fi­ca Cas­cais e do es­quer­do o Es­to­ril. Atrás de nós o enor­me edi­fí­cio do ho­tel em

No ho­tel de Cas­cais, a vis­ta é sem­pre di­fe­ren­te, com o mar a mar­car o tom e a decoração. Bárbara Wong (texto) Nu­no Ferreira San­tos ( fotos)

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Portugal

© PressReader. All rights reserved.