Do Al­gar­ve pa­ra Düs­sel­dorf, a mo­reia fri­ta fez su­ces­so

Publico - Fugas - - PRIMEIRA PÁGINA -

Do­ze chefs por­tu­gue­ses e dois pro­du­to­res es­ti­ve­ram na Ale­ma­nha pa­ra mos­trar o que há de di­fe­ren­te e es­pe­ci­al na co­zi­nha por­tu­gue­sa – do enor­me bi­val­ve cha­ma­do ta­ra­lhão ao sur­pre­en­den­te “ca­ril do mar”, pas­san­do pe­las ovas de pol­vo se­cas. Ale­xan­dra Pra­do Co­e­lho

Na ma­nhã de quin­ta-fei­ra, dia 21 de Se­tem­bro, dois chefs por­tu­gue­ses che­ga­ram ao ae­ro­por­to de Lis­boa trans­por­tan­do coi­sas es­tra­nhas nas ba­ga­gens. Um ti­nha avião às 6h30, o ou­tro du­as ho­ras de­pois e am­bos des­pa­cha­ram as su­as ma­las pa­ra o mes­mo des­ti­no: a ci­da­de ale­mã de Düs­sel­dorf.

O pri­mei­ro, An­tó­nio Ga­la­pi­to (Pra­do, um no­vo res­tau­ran­te de Lis­boa com aber­tu­ra pre­vis­ta pa­ra No­vem­bro), le­va­va lombos de bo­ni­to (da fa­mí­lia do atum) e, em­ba­la­do em vá­cuo, um lei­tão. O se­gun­do, João Oli­vei­ra (Vis­ta, Por­ti­mão), ti­nha vin­do do Al­gar­ve e tra­zia, en­ro­la­da, uma mo­reia aber­ta e pre­pa­ra­da pa­ra se­car, co­mo fa­zem os pes­ca­do­res al­gar­vi­os.

Al­gu­mas ho­ras de­pois, a mo­reia, com a sua mag­ní­fi­ca pe­le de ele­gan­tes man­chas cas­ta­nhas e ama­re­las, co­mo se ti­ves­se si­do cri­a­da pa­ra im­pres­si­o­nar to­dos os ou­tros pei­xes do mar, es­ta­va pen­du­ra­da no stand de Por­tu­gal no even­to Me­tro Un­bo­xed, im­pres­si­o­nan­do vá­ri­os vi­si­tan­tes que não co­nhe­ci­am aque­le bi­cho exó­ti­co.

Me­tro Un­bo­xed (de 13 de Se­tem­bro até ama­nhã) foi a for­ma da em­pre­sa mul­ti­na­ci­o­nal Me­tro (que em al­guns paí­ses, en­tre os quais Por­tu­gal, se cha­ma Ma­kro), for­ne­ce­do­ra de pro­du­tos pa­ra res­tau­ra­ção e ho­te­la­ria, anun­ci­ar uma no­va fa­se da sua vi­da. “O gru­po Me­tro é de Düs­sel­dorf e tem mais de 60 anos. Em Por­tu­gal, on­de, pe­la for­ça da mar­ca, man­tém o no­me Ma­kro, tem 27”, ex­pli­ca Sílvia Lo­pes, res­pon­sá­vel pe­lo mar­ke­ting e co­mu­ni­ca­ção. “So­mos o sé­ti­mo mai­or ope­ra­dor mun­di­al em dis­tri­bui­ção”.

Foi pre­ci­sa­men­te es­sa es­ca­la que le­vou o gru­po a se­pa­rar ago­ra o sec­tor de con­su­mo elec­tró­ni­co (Media Markt) e o de ali­men­ta­ção (Me­tro ou Ma­kro) e, sen­do uma em­pre­sa co­ta­da em bol­sa, es­ta é uma ope­ra­ção que tem que ser ge­ri­da com cui­da­do em ter­mos de ima­gem – daí o even­to em Düs­sel­dorf pa­ra mos­trar o pa­pel do gru­po em 26 dos 35 paí­ses on­de está.

Ca­da um dos paí­ses pre­sen­tes foi con­vi­da­do a le­var a Düs­sel­dorf “o

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Portugal

© PressReader. All rights reserved.