É

Publico - Imobiliario - - Atualidade -

tra­di­ci­o­nal, em re­la­ção a qual­quer in­ves­ti­men­to, ana­li­sar pre­vi­a­men­te os ris­cos do mes­mo. Nor­mal­men­te es­ses ris­cos são ape­nas eco­nó­mi­cos, ocor­ren­do no ca­so de as pro­jec­ções as­su­mi­das pe­los in­ves­ti­do­res não se ve­ri­fi­ca­rem. Em cer­tos paí­ses, no en­tan­to, po­dem ocor­rer ain­da ris­cos po­lí­ti­cos, quan­do a ac­tu­a­ção dos po­de­res pú­bli­cos se­ja hos­til em re­la­ção a cer­tos in­ves­ti­do­res, po­den­do con­se­quen­te­men­te sur­gir ini­ci­a­ti­vas le­gis­la­ti­vas ou ad­mi­nis­tra­ti­vas des­ti­na­das ex­clu­si­va­men­te a pre­ju­di­cá-los.

Por­tu­gal, des­de a cri­a­ção da “ge­rin­gon­ça”, cons­ti­tui nes­te mo­men­to um país de ris­co po­lí­ti­co ele­va­do

Luís Me­ne­zes Lei­tão

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Portugal

© PressReader. All rights reserved.