S. João da Ma­dei­ra no Top 25 das ci­da­des mais atra­ti­vas a Nor­te

Publico - Imobiliario - - Oportunidades - Su­sa­na Cor­reia

S. João da Ma­dei­ra en­trou es­te ano no Top 25 das me­lho­res ci­da­des da re­gião Nor­te pa­ra vi­ver, fa­zer ne­gó­ci­os e vi­si­tar, de acor­do com o Por­tu­gal City Brand Ran­king 2017, pro­du­zi­do pe­la Blo­om Con­sul­ting e que ana­li­sa a com­pe­ti­ti­vi­da­de e de­sem­pe­nho dos 308 mu­ni­cí­pi­os por­tu­gue­ses nes­tas três di­men­sões, mos­tran­do que “o su­ces­so de um mu­ni­cí­pio pas­sa tam­bém pe­la sua es­tra­té­gia pa­ra vi­ver, vi­si­tar e fa­zer ne­gó­ci­os”, afir­ma no do­cu­men­to Filipe Ro­quet­te, Di­re­tor Ge­ral da Blo­om Con­sul­ting em Por­tu­gal.

Na con­ju­ga­ção dos três in­di­ca­do­res, S. João da Ma­dei­ra pro­ta­go­ni­zou uma das su­bi­das mais des­ta­ca­das no Top 25 da re­gião Nor­te (que con­ta­bi­li­za 86 mu­ni­cí­pi­os), evo­luin­do du­as po­si­ções fa­ce à edi­ção de 2016, uma su­bi­da ape­nas su­pe­ra­da por Es­po­sen­de, que su­biu 7 po­si­ções; e igua­la­da por Bra­gan­ça e Gaia, que tam­bém su­bi­ram dois lu­ga­res.

Es­ta não é a pri­mei­ra vez que a ci­da­de, co­nhe­ci­da pe­lo seu di­na­mis­mo em­pre­sa­ri­al e in­dus­tri­al – em es­pe­ci­al na área do cal­ça­do –, se des­ta­ca em ran­kings na­ci­o­nais, co­mo é o ca­so dos ra­tings con­ce­lhi­os da Mark­test, on­de S. João da Ma­dei­ra re­no­vou na edi­ção de 2016 a li­de­ran­ça co­mo o con­ce­lho por­tu­guês mais di­nâ­mi­co a ní­vel de­mo­grá­fi­co, eco­nó­mi­co e na qu­a­li­da­de vi­da. Es­ta úl­ti­ma di­men­são é uma apos­ta cres­cen­te da au­tar­quia, que afir­ma no seu si­te que o con­ce­lho se or­gu­lha de ser co­nhe­ci­do co­mo a “Ci­da­de do Tra­ba­lho”, mas tam­bém de pas­sar a ser re­co­nhe­ci­do pe­la qu­a­li­da­de de vi­da, evi­den­ci­an­do que foi já “dis­tin­gui­do em di­fe­ren­tes es­tu­dos co­mo uma das me­lho­res ci­da­des pa­ra se vi­ver em Por­tu­gal”. No ran­king da Blo­om Con­sul­ting, clas­si­fi­ca-se, nes­ta di­men­são es­pe­cí­fi­ca, em 24º lu­gar en­tre os 86 mu­ni­cí­pi­os do Nor­te e es­tá mes­mo à fren­te de mu­ni­cí­pi­os co­mo Es­pi­nho, Es­po­sen­de e Cha­ves, que na clas­si­fi­ca­ção ge­ral es­tão aci­ma.

O con­ce­lho mais pe­que­no do país em área – com ape­nas 8 km2 - S. João da Ma­dei­ra tem vin­do a apos­tar na me­lho­ria da qu­a­li­da­de de vi­da dos seus re­si­den­tes e tam­bém da po­pu­la­ção flu­tu­an­te que to­dos os di­as se des­lo­ca à ci­da­de pa­ra tra­ba­lhar, fa­zer com­pras ou re­sol­ver as mais di­ver­sas ques­tões, a qual, diz a au­tar­quia, pra­ti­ca­men­te du­pli­ca os 22 mil ha­bi­tan­tes do con­ce­lho. A qua­li­fi­ca­ção do ensino é, nes­ta di­men­são, uma das pri­o­ri­da­des do exe­cu­ti­vo e ain­da re­cen­te­men­te foi con­fir­ma­do o re­for­ço da ofer­ta de cur­sos pro­fis­si­o­nais nas es­co­las se­cun­dá­ri­as da ci­da­de já a par­tir do pró­xi­mo ano le­ti­vo. “S. João da Ma­dei­ra con­ti­nua a ser um dos con­ce­lhos da Área Me­tro­po­li­ta­na do Por­to com mai­or ofer­ta de cur­sos pro­fis­si­o­nais no ensino se­cun­dá­rio, mas ago­ra pas­sa­rá de 14 pa­ra 19”, de­cla­rou à Lu­sa fon­te da au­tar­quia. A des­po­lui­ção do rio Ul, a cri­a­ção de no­vos es­pa­ços des­por­ti­vos e cul­tu­rais, as­sim co­mo a apos­ta no em­pre­en­de­do­ris­mo têm si­do ou­tros pas­sos da­dos no sen­ti­do de “le­var o pro­gres­so da ci­da­de ain­da mais além”, re­fe­re a au­tar­quia, que fri­sa ain­da a in­ten­si­fi­ca­ção das re­des de aces­si­bi­li­da­des, quer em ter­mos fí­si­cos quer tec­no­ló­gi­cos.

Co­nhe­ci­do em par­ti­cu­lar pe­la sua for­te in­dús­tria do cal­ça­do – é mes­mo de­ten­to­ra da mar­ca “Ca­pi­tal do Cal­ça­do” – S. João da Ma­dei­ra ocu­pa um lu­gar de des­ta­que no ma­pa em­pre­sa­ri­al por­tu­guês e é um ex­por­ta­dor de re­fe­rên­cia do país pa­ra os qua­tro can­tos do mun­do. A sua vo­ca­ção e he­ran­ça in­dus­tri­al têm si­do um dos mo­to­res do tu­ris­mo no con­ce­lho e, ao lon­go de cin­co anos de exis­tên­cia, o seu pro­gra­ma de Tu­ris­mo In­dus­tri­al já re­ce­beu mais de 100 mil vi­si­tan­tes nos di­fe­ren­tes nú­cle­os que fa­zem par­te do ro­tei­ro.

C­MA­RA MU­NI­CI­PAL SÃO JOÃO DA MA­DEI­RA

S. João da Ma­dei­ra apos­ta na qu­a­li­da­de de vi­da

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Portugal

© PressReader. All rights reserved.