Va­lo­ri­za­ção de­si­gual

Publico - Imobiliario - - Salão Imobiliário De Lisboa -

No que to­ca à com­pra de ha­bi­ta­ção, con­si­de­ra que há lu­gar a uma mai­or su­bi­da de pre­ços, ten­do em con­ta os úl­ti­mos me­ses ou anos? Os pre­ços em Por­tu­gal têm vin­do a cres­cer, é cer­to, mas tam­bém le­va­ram al­gum tem­po a recuperar de­pois da des­va­lo­ri­za­ção a que se as­sis­tiu nos tem­pos de cri­se. Por to­do o país, a va­lo­ri­za­ção dos ati­vos não es­tá a ser fei­ta de igual for­ma. Aliás, mes­mo den­tro das pró­pri­as ci­da­des há di­ver­gên­ci­as acen­tu­a­das.

Há ci­da­des, co­mo Lisboa ou Por­to que as­sis­ti­ram a um cres­ci­men­to mais brus­co, acen­tu­a­do tam­bém pe­la es­cas­sez de ofer­ta, mas há ou­tras ci­da­des em que os pre­ços es­tão a va­lo­ri­zar a uma ve­lo­ci­da­de sus­ten­tá­vel, pelo que é natural que con­ti­nu­em a cres­cer.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Portugal

© PressReader. All rights reserved.