Mer­ca­do imo­bi­liá­rio no dis­tri­to acom­pa­nha di­nâ­mi­ca na­ci­o­nal

Publico - Imobiliario - - Oportunidades -

“Há um sen­ti­men­to po­si­ti­vo em to­do o ter­ri­tó­rio na­ci­o­nal e uma mai­or pre­dis­po­si­ção pa­ra o in­ves­ti­men­to imo­bi­liá­rio e es­te dis­tri­to não po­de­ria fi­car de fo­ra des­ta ten­dên­cia”, co­men­ta Car­los Nu­nes, Res­pon­sá­vel de Ven­das - Re­ta­lho Sul da Di­re­ção de Negócio Imo­bi­liá­rio do Mil­len­nium bcp. No âm­bi­to dos imó­veis de­ti­dos pe­lo Ban­co, “nos úl­ti­mos dois anos e, mais par­ti­cu­lar­men­te nos úl­ti­mos 12 me­ses, o dis­tri­to tem vin­do a re­gis­tar uma evo­lu­ção mui­to po­si­ti­va quer no nú­me­ro quer no vo­lu­me de tran­sa­ções”, mas tam­bém é “no­tó­ria uma re­cu­pe­ra­ção gra­du­al dos va­lo­res mé­di­os por me­tro qua­dra­do”, diz.

Tam­bém Marco Santiago, da me­di­a­do­ra EasyGest, des­ta­ca que “há mui­to mais procura de imo­bi­liá­rio no dis­tri­to”, es­pe­ci­al­men­te des­de o fi­nal do 1º tri­mes­tre des­te ano. “Mes­mo em me­ses de fé­ri­as, não hou­ve a que­bra de procura que é ha­bi­tu­al”, re­fe­re.

Es­ta re­cu­pe­ra­ção é mais for­te no pro­du­to re­si­den­ci­al, mas tam­bém no seg­men­to não re­si­den­ci­al “o mer­ca­do es­tá di­fe­ren­te, pa­ra me­lhor”, diz Car­los Nu­nes. “Sen­te-se uma me­lho­ria e, ul­ti­ma­men­te, te­mos vin­do a cons­ta­tar, por exem­plo, si­tu­a­ções de vá­ri­os in­te­res­sa­dos na com­pra de um mes­mo imó­vel pa­ra imó­veis co­mer­ci­ais on­de não era co­mum is­so acon­te­cer”. De igual for­ma, a “procura por ter­re­nos pa­ra cons­tru­ção, so­bre­tu­do de mo­ra­di­as, tem vin­do re­gis­tar um au­men­to ex­pres­si­vo de procura”. Tam­bém Marco Santiago no­ta que “há mais procura pa­ra lo­jas e ar­ma­zéns”, es­pe­ci­al­men­te por par­te de “em­pre­sas já ins­ta­la­das no mer­ca­do e que pro­cu­ram au­men­ta o seu negócio”.

Nes­ta con­jun­tu­ra, a “ofer­ta imo­bi­liá­ria do Ban­co tem si­do im­por­tan­te” pa­ra a di­nâ­mi­ca do mer­ca­do, quer “pe­la di­ver­si­da­de de pro­du­to quer pe­la fa­ci­li­da­de de con­cre­ti­za­ção do negócio”, ex­pli­ca o me­di­a­dor. Nes­te mo­men­to, acres­ce ain­da uma ini­ci­a­ti­va de cam­pa­nha lan­ça­da pe­lo Ban­co e que se es­pe­ra te­nha im­pac­to acres­ci­do nas ven­das. “O im­pac­to é ime­di­a­to des­de lo­go no pri­mei­ro dia da cam­pa­nha, até pe­lo nú­me­ro de imó­veis en­vol­vi­dos”, diz Car­los Nu­nes. Nes­te ca­so, são mais de 260 imó­veis lo­ca­li­za­dos no dis­tri­to que es­tão in­te­gra­dos na ação “Mês das Opor­tu­ni­da­des”, es­tan­do “com va­lo­res pro­mo­ci­o­nais até 30 de no­vem­bro, ca­so se­jam es­cri­tu­ra­dos até 30 de de­zem­bro”. Mo­ra­di­as, apar­ta­men­tos, ar­ma­zéns, ter­re­nos, uni­da­des in­dus­tri­ais e lo­jas com­põem a ofer­ta do Mil­len­nium bcp atu­al­men­te em cam­pa­nha nes­te dis­tri­to, des­ta­can­do-se os con­ce­lhos de Be­na­ven­te, Ou­rém, En­tron­ca­men­to e San­ta­rém, com pou­co mais de 20 imó­veis ca­da (ex­cluin­do ter­re­nos).

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Portugal

© PressReader. All rights reserved.