“No mun­do di­gi­tal já não pre­ci­sa­mos de ter mi­lhões pa­ra in­ves­tir”

Var­ren­do o mun­do imo­bi­liá­rio, a on­da da trans­for­ma­ção di­gi­tal es­tá a mu­dar a for­ma co­mo se fa­zem ne­gó­ci­os no mun­do imo­bi­liá­rio, on­de já não é pre­ci­so ter mi­lhões na mão pa­ra in­ves­tir num pro­je­to do ou­tro la­do do mun­do

Publico - Imobiliario - - Atualidade - Su­sa­na Cor­reia

Es­te foi ape­nas um dos vá­ri­os exem­plos apre­sen­ta­dos por Ri­car­do Luz, em­pre­sá­rio, bu­si­ness-an­gel e fun­da­dor da Ges­tluz que, con­jun­ta­men­te com Li­o­nel Hill, Chi­ef Di­gi­tal & Te­ch­no­logy EMEA da CBRE, su­biu a pal­co no úl­ti­mo Al­mo­ço-Con­fe­rên­cia Vi­da Imo­bi­liá­ria. O even­to, que de­cor­reu no ho­tel In­ter­con­ti­nen­tal Lis­boa no pas­sa­do dia 5 de ju­lho, reu­niu na pla­teia uma cen­te­na de pro­fis­si­o­nais, que não qui­se­ram per­der es­ta opor­tu­ni­da­de pa­ra sa­ber mais so­bre o “Prop­te­ch – A Ino­va­ção Tec­no­ló­gi­ca no Imo­bi­liá­rio”.

Lem­bran­do que “a tec­no­lo­gia é for­te­men­te dis­rup­ti­va pa­ra a for­ma co­mo se mon­tam e fe­cham ne­gó­ci­os imo­bi­liá­ri­os em to­do mun­do”, Li­o­nel Hill aler­tou os pre­sen­tes: “a trans­for­ma­ção di­gi­tal é al­go que já es­tá a acon­te­cer e vai re­vo­lu­ci­o­nar pro­fun­da­men­te o mun­do imo­bi­liá­rio”.

Uma enor­me mu­dan­ça que es­tá a tra­zer no­vos players pa­ra o mer­ca­do, e pa­ra a qual os pro­fis­si­o­nais se de­vem pre­pa­rar, abrin­do os seus ho­ri­zon­tes, acres­cen­tou Ri­car­do Luz. “Não va­le a pe­na fe­char­mo­nos na nos­sa bo­lha, as­su­min­do que so­mos es­pe­ci­a­lis­tas no se­tor e que, por is­so, não se­re­mos afe­ta­dos por es­ta va­ga da tec­no­lo­gia. Is­so sim, se­rá um gran­de er­ro”, con­si­de­ra o em­pre­sá­rio por­tu­guês.

Até por­que, lem­brou Li­o­nel Hill, “é cu­ri­o­sa a for­ma co­mo as coi­sas têm acon­te­ci­do nos úl­ti­mos cin­co anos. Nes­sa al­tu­ra, nin­guém pa­re­cia re­al­men­te pre­o­cu­pa­do nas ques­tões re­la­ci­o­na­das com o Prop­te­ch, mas num es­pa­ço cur­to de tem­po es­te tor­nou-se um de­ba­te in­con­tor­ná­vel pa­ra o fu­tu­ro do se­tor”. Pri­mei­ra li­ção a ser re­ti­ra­da: na era di­gi­tal, os acon­te­ci­men­tos su­ce­dem-se a um rit­mo mais rá­pi­do que nun­ca.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Portugal

© PressReader. All rights reserved.