Pe­dro Di­as es­cre­veu em car­ta que ven­deu a al­ma ao Di­a­bo e Pas­sos Co­e­lho pe­diu-lhe pa­ra lhe per­gun­tar quan­do é que che­ga a nal a Por­tu­gal

Publico - Inimigo - - O INIMIGO PÚBLICO -

A Po­lí­cia Ju­di­ciá­ria in­ter­cep­tou car­tas de Pe­dro Di­as à fa­mí­lia nas quais ad­mi­tia ter “ven­di­do a al­ma ao Di­a­bo”. As­sim que Pas­sos Co­e­lho sou­be da si­nis­tra no­tí­cia, pe­diu aos ser­vi­ços pri­si­o­nais pa­ra fa­zer uma vi­si­ta ao de­ti­do e pe­dir-lhe, já que tem re­la­ções pro­fis­si­o­nais com o Di­a­bo, pa­ra per­gun­tar-lhe quan­do raio é que afi­nal che­ga a Por­tu­gal, avi­san­do que, ca­so ve­nha em Maio, é ca­paz de ter de pa­gar mui­to pe­lo alo­ja­men­to por cau­sa da vi­si­ta do Pa­pa Fran­cis­co. Pe­dro Di­as ga­ran­tiu-lhe que in­ter­ce­de­rá jun­to do Di­a­bo pe­lo lí­der do PSD mas, em tro­ca, ele te­rá de ven­der a al­ma à San­dra Fel­guei­ras. VE

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Portugal

© PressReader. All rights reserved.