Iné­di­to e in­só­li­to! Des­co­ber­ta se­nho­ra que li­gou pa­ra o pro­gra­ma e bai­xou o som do te­le­vi­sor an­tes

Publico - Inimigo - - O INIMIGO PÚBLICO -

Pa­re­ce im­pos­sí­vel, mas acon­te­ceu. De­pois de dé­ca­das de pro­gra­mas de te­le­vi­são e rá­dio abertos à participação pú­bli­ca, fi­nal­men­te um te­les­pec­ta­dor per­ce­beu que ter o som do te­le­vi­sor li­ga­do en­quan­to fa­la ao te­le­fo­ne em di­rec­to na TV faz um eco hor­rí­vel que im­pe­de to­tal­men­te a sua per­cep­ção. “Co­mo é há­bi­to, pe­di à se­nho­ra pa­ra bai­xar o som do te­le­vi­sor e des­co­bri­mos que ela já ti­nha fei­to “mu­te” an­tes de ter li­ga­do pa­ra cá. Ain­da não acre­di­to que is­to acon­te­ceu. Que­re­mos sa­ber quem é es­ta se­nho­ra que foi ca­paz da coi­sa mais ina­cre­di­tá­vel que já vi­mos em to­da a nos­sa vi­da. Es­ta­mos cho­ca­dos. Já li­gá­mos às au­to­ri­da­des pa­ra avi­sar des­te fe­nó­me­no pa­ra­nor­mal. Eles acham que es­ta­mos a go­zar e não acre­di­tam. É pre­ci­so de­ter es­ta se­nho­ra que li­gou pa­ra o pro­gra­ma e bai­xou o som do te­le­vi­sor an­tes. Ela não po­de ser um ser hu­ma­no, só po­de ser um ex­tra­ter­res­tre ou en­tão um es­pí­ri­to”, re­ve­lou a pi­vot. JH

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Portugal

© PressReader. All rights reserved.