Bom­bei­ros do Sei­xal de­vem 7 mi­lhões e que­rem pa­gar em ca­len­dá­ri­os sexy

Publico - Inimigo - - ESCUTAS -

Os bom­bei­ros do Sei­xal de­vem mais de se­te mi­lhões de eu­ros, a mai­or par­te em ho­ras ex­tra­or­di­ná­ri­as, e já co­me­ça­ram a fa­zer ris­sóis pa­ra fo­ra pa­ra ten­tar pa­gar a dí­vi­da. Co­mo o ris­sol não é al­go que ga­ran­ta um ca­pi­tal ime­di­a­to por aí além, os bom­bei­ros da Mar­gem Sul de Lis­boa op­ta­ram pe­la se­gun­da fon­te de re­cei­tas mais po­pu­lar en­tre os sol­da­dos da paz a se­guir à de­co­ra­ção de mon­tras: o calendário ex­tre­ma­men­te sen­su­al. “Vem aí um calendário bem sexy de bom­bei­ros em po­ses ma­ro­tas a mos­trar a mus­cu­la­tu­ra e a fa­ze­rem in­si­nu­a­ções pe­ni­a­nas com as man­guei­ras. Ca­da calendário cus­ta 50 mil eu­ros, a úni­ca for­ma que en­con­trá­mos de jun­tar os 7 mi­lhões em me­nos de 15 dias”, ex­pli­cou o co­man­dan­te da cor­po­ra­ção. MB

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Portugal

© PressReader. All rights reserved.