Con­cor­da com a mu­dan­ça da ho­ra?

Publico - Inimigo - - O INIMIGO PÚBLICO - Pa­trí­cia Cas­ta­nhei­ra

Carlos Ale­xan­dre, in­de­pen­den­tis­ta da Bei­ra Bai­xa

Não só não con­cor­do co­mo me re­cu­so a mu­dar. Con­ti­nuo uma ho­ra à vos­sa fren­te, pron­to. Vai dar jei­to, por­que vou ser sem­pre o pri­mei­ro a sa­ber re­sul­ta­dos de jo­gos, elei­ções, etc.

Re­be­ca So­fia, fun­ci­o­ná­ria de shop­ping cen­ter

Nós no shop­ping es­ta­mos sem­pre adi­an­ta­dos. As pes­so­as acham es­tra­nho já ha­ver de­co­ra­ções de Na­tal em ou­tros cen­tros. Pois nós já ze­mos as de­co­ra­ções da Pás­coa de 2019. Em­bru­lha!

Jo­a­quim Neto de Moura, fan­tas­ma do pas­sa­do

Aqui em 1886 não de­mos por na­da. Is­so chei­ra­me a des­cul­pa pa­ra as mu­lhe­res adúl­te­ras che­ga­rem tar­de a ca­sa e não te­rem o jan­tar pron­to a ho­ras.

Luís Mar­ques Men­des, Ma­ria He­le­na dos pe­que­ni­nos

Pa­ra mim é in­di­fe­ren­te, por­que eu con­ti­nuo mui­tas ho­ras, dias, me­ses, à fren­te do res­to do pes­so­al. Já vou no Ve­rão de 2018 e já sei quem ga­nhou o Mun­di­al. Foi An­dor­ra.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Portugal

© PressReader. All rights reserved.