Ca­mião des­pis­ta-se na VCI em pro­tes­to contra o cen­tra­lis­mo das no­ti­ci­as de aci­den­tes em di­as de chu­va

Publico - Inimigo - - ESTÁ TUDO A CORRER BEM -

O dia de ter­ça-fei­ra cou mar­ca­do pe­la chu­va in­ten­sa e ca­os no trân­si­to nas prin­ci­pais ci­da­des do país. As as­si­me­tri­as re­gi­o­nais acen­tu­a­ram-se ain­da mais que o nor­mal ao ní­vel dos aci­den­tes de vi­a­ção. Far­to dos aci­den­tes me­diá­ti­cos de Lis­boa, um con­du­tor de um ca­mião re­sol­veu des­pis­tar-se na VCI no Por­to pa­ra equi­li­brar um bo­ca­do as coi­sas. “Pri­mei­ro foi o des­pis­te do ca­mião que vi­nha no sen­ti­do de Sin­tra-Lis­boa que em­ba­teu no se­pa­ra­dor cen­tral e der­ra­mou com­bus­tí­vel em am­bos os sen­ti­dos. As pes­so­as não po­dem ver na­da! Lo­go a se­guir mais três aci­den­tes, to­dos na Se­gun­da Cir­cu­lar. No­tí­ci­as e mais no­tí­ci­as, aci­den­tes vis­to­sos, fo­tos na in­ter­net, con­du­to­res fe­ri­dos, trân­si­to cor­ta­do du­ran­te 10 ho­ras nos dois sen­ti­dos e eu ti­nha que fa­zer al­gu­ma coi­sa pe­la mi­nha re­gião. Es­co­lhi uma ho­ra de mui­to mo­vi­men­to, me­ti o ca­mião no sen­ti­do Ar­rá­bi­da-Frei­xo, na saí­da jun­to ao Es­tá­dio do Dra­gão, fui em­ba­ter no se­pa­ra­dor cen­tral e de­sar­ti­cu­lei-me to­do pa­ra ocu­par to­das as vi­as no sen­ti­do em que se­guia e dei­xei ape­nas uma via do sen­ti­do opos­to de­sim­pe­di­da. Con­se­gui des­ta­que no Cor­reio da Ma­nhã e um cor­te de trân­si­to de seis ho­ras. Me­lhor que na­da. Não po­de ser tu­do em Lis­boa, ca­ra­go!”, tes­te­mu­nhou o mo­to­ris­ta. JH

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Portugal

© PressReader. All rights reserved.