Jói­as do pas­sa­do pre­sen­te

Publico - Ipsilon - - Sumário - Nu­no Pa­che­co

Sem­pre cantou Mar­ce­nei­ro mas nun­ca ti­nha pen­sa­do num disco só com fa­dos de­le. Até que um cli­que lhe ilu­mi­nou o pen­sa­men­to e, a par­tir da obra des­te gi­gan­te do fa­do, Ca­ma­né gra­vou um disco mag­ní­fi­co, que une o me­lhor dos dois no re­to­mar de uma obra eter­na. Che­ga ho­je às lo­jas.

Otí­tu­lo po­dia ter si­do o de um fa­do de Mar­ce­nei­ro: Lem­bro-me de ti. Por­que Ca­ma­né, que nun­ca dei­xou de can­tar Mar­ce­nei­ro, tem­no sem­pre na lem­bran­ça. Mas aca­bou por fi­car Ca­ma­né Can­ta Mar­ce­nei­ro, im­pres­so num ce­lo­fa­ne a en­vol­ver um de­se­nho ori­gi­nal de Ál­va­ro Si­za. O disco, um CD+ DVD, che­ga sex­ta-fei­ra às lo­jas e é, co­mo já foi des­cri­to aqui no Íp­si­lon por Má­rio Lo­pes, “um pe­so-pe­sa­do a ho­me­na­ge­ar um gi­gan­te”.

Mas não era um pro­jec­to que es­ti­ves­se nos seus pla­nos, diz Ca­ma­né. “Nun­ca me pas­sou pe­la ca­be­ça gra­var um disco só de­le, por­que to­da a vi­da can­tei Mar­ce­nei­ro. Co­mo to­dos os fa­dis­tas fi­ze­ram. A Amália can­ta­va o Es­tra­nha For­ma de Vi­da no [Fa­do] Bai­la­do e a Mal­di­ção no Fa­do Cra­vo. O pró­prio Mar­ce­nei­ro can­ta­va no Fa­do Cra­vo vá­ri­as le­tras, em sex­ti­lhas: a Vi­e­la, a Des­pe­di­da.” Até que, há um ano, se deu o cli­que: “Quan­do pen­sei num disco no­vo pas­sou-me pe­la ca­be­ça es­ta ideia. Foi quan­do can­tei, no Mu­seu do Fa­do, vá­ri­os fa­dos da Amália. Aí lem­brei-me que já to­da a gen­te ti­nha cantado fa­dos da Amália, e até com as le­tras que ela cantou, mas com o Mar­ce­nei­ro nun­ca nin­guém o ti­nha fei­to.”

E as­sim fez. Reu­niu quin­ze fa­dos, de Ca­ba­ré a O pa­jem, e re­to­man­do em le­tras es­co­lhi­das mú­si­cas eter­nas cri­a­das por Al­fre­do Mar­ce­nei­ro (1891-1982), co­mo as do Fa­do Bai­la­do, Fa­do Cra­vo, Fa­do La­ran­jei­ra ou Mar­cha do Mar­ce­nei­ro, gra­vou pri­mei­ro um disco em es­tú­dio, em Ja-

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Portugal

© PressReader. All rights reserved.