La­ma na Royal Aca­demy para re­ce­ber An­tony Gorm­ley

Publico - Ipsilon - - Sumário -

Em 2019, a uma das sa­las da Royal Aca­demy of Arts, em Lon­dres, vai ser en­chi­da de água do mar e la­ma para re­ce­ber An­tony Gorm­ley (n.1950), o es­cul­tor bri­tâ­ni­co co­nhe­ci­do pe­la sua re­fle­xão sobre o cor­po hu­ma­no.

Host, o no­me da obra que en­vol­ve mi­lha­res de li­tros de água, e que já en­la­me­ou, por exem­plo, uma prisão em Char­les­ton, Ca­ro­li­na do Sul, em 1991, pas­sou pe­la Ale­ma­nha em 1997 e por Pe­quim em 2016, se­rá uma das pe­ças centrais da re­tros­pec­ti­va do ar­tis­ta. De res­to, a ex­po­si­ção, que ain­da es­tá a ser afi­na­da — ain­da não foi de­ci­di­da, por exem­plo, a proveniência da água —, in­clui­rá, se­gun­do o que Tim Mar­low, o di­rec­tor ar­tís­ti­co da Royal Aca­demy, tem di­to em en­tre­vis­tas à im­pren­sa bri­tâ­ni­ca, um mis­to de tra­ba­lhos no­vos e an­ti­gos. Es­tão pre­vis­tas tam­bém ver­sões de obras co­mo Lost Ho­ri­zon, que

Ex­po­si­ção de An­tony Gorm­ley na Gul­ben­ki­an em 2004

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Portugal

© PressReader. All rights reserved.