SAD EXIGE OU­VIR CAPELA

Record (Portugal) - - LIGA - JOÃO LOPES E PEDRO GONÇALO PIN­TO

Sa­di­nos pre­ten­dem que co­mu­ni­ca­ção en­tre VAR e o ár­bi­tro Ví­tor Fer­rei­ra se­ja di­vul­ga­da

A SAD do V. Se­tú­bal pe­de à Fe­de­ra­ção Por­tu­gue­sa de Fu­te­bol que di­vul­gue a co­mu­ni­ca­ção en­tre o ví­deo-ár­bi­tro João Capela e o ár­bi­tro Ví­tor Fer­rei­ra no lan­ce re­gis­ta­do aos 49 mi­nu­tos do jogo de sex­ta-fei­ra, fren­te ao Pa­ços de Fer­rei­ra. Em cau­sa es­tá um ale­ga­do go­lo, não va­li­da­do pe­lo juiz do en­con­tro, que dei­xou ató­ni­tos os di­ri­gen­tes sa­di­nos. “Fi­cá­mos cho­ca­dos com a de­ci­são da equi­pa de arbitragem de não va­li­dar um go­lo ao Vitória, aos 49 mi­nu­tos, por­que, do nos­so pon­to de vis­ta, as ima­gens da trans­mis­são te­le­vi­si­va do en­con­tro são cla­ras e mos­tram que a bo­la en­trou to­tal­men­te na ba­li­za do P. Fer­rei­ra”, as­su­me fon­te ofi­ci­al do em­ble­ma do Bon­fim, con­si­de­ran­do que, em seis jor­na­das, es­te é o ter­cei­ro jogo em que os se­tu­ba­len­ses fo­ram cla­ra­men­te pre­ju­di­ca­dos, de­pois do pe­nál­ti as­si­na­la­do em Alvalade e do cas­ti­go má­xi­mo não mar­ca­do no Res­te­lo. “O Vitória é fa­vo­rá­vel à uti­li­za­ção das no­vas tec­no­lo­gi­as, mas con­si­de­ra­mos que é im­pres­cin­dí­vel ha­ver cri­té­ri­os uni­for­mes e mai­or cla­re­za no pro­ces­so de de­ci­são”, acres­cen­tou a mes­ma fon­te.

Fo­ra do âm­bi­to do VAR

Em­bo­ra o VAR te­nha si­do vi­sa­do, a de­ci­são não foi re­ver­ti­da por­que as ima­gens não se­ri­am es­cla­re­ce­do­ras. Era uma jo­ga­da pa­ra a tec­no­lo­gia da li­nha de go­lo, que não es­tá no pro­to­co­lo. Pa­ra is­so acon­te­cer, é pre­ci­so a Li­ga pro­por e os clu­bes apro­va­rem em as­sem­bleia ge­ral. Im­ple­men­tar o sis­te­ma cus­ta cer­ca de 284 mil eu­ros a ca­da clu­be. *

ESPANTO. Cou­cei­ro nem que­ria acre­di­tar na de­ci­são do ár­bi­tro

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Portugal

© PressReader. All rights reserved.