FOR­TA­LE­ZA SEM FISSURAS

Record (Portugal) - - FC PORTO -

Após 6 go­los so­fri­dos em três jo­gos, a ba­li­za vol­tou a ser es­tan­ca­da no ter­re­no do Mo­na­co

O Be­sik­tas mar­cou os pri­mei­ro, se­gun­do e ter­cei­ro go­los da tem­po­ra­da ao FC Por­to e, nos dois jo­gos se­guin­tes, Rio Ave (1) e Por­ti­mo­nen­se (2) tam­bém fi­ze­ram as re­des de Ca­sil­las aba­nar. No Mó­na­co, po­rém, a equi­pa es­tan­cou a ba­li­za do es­pa­nhol e, des­sa for­ma, a for­ta­le­za che­ga­rá a Al­va­la­de sem qual­quer fis­su­ra. Em­bo­ra a mis­são de de­fen­der se­ja co­mum a to­da a equi­pa, avan­ça­dos in­cluí­dos, a ver­da­de é que o se­gre­do do su­ces­so por­tis­ta nes­se as­pe­to es­tá tam­bém re- la­ci­o­na­do com a es­ta­bi­li­da­de que tem si­do da­do ao sec­tor mais re­cu­a­do. Ca­sil­las, Fe­li­pe e Mar­ca­no são os úni­cos totalistas do plan­tel, sen­do que Alex Tel­les não es­tá nes­se res­tri­to gru­po por­que se le­si­o­nou nos mi­nu­tos fi­nais do jo­go con­tra o Rio Ave, em Vi­la do Con­de. Em su­ma, e qua­se sem­pre por op­ção téc­ni­ca, só o ti­tu­lar na la­te­ral di­rei­ta tem al­ter­na­do, sen­do que Ricardo Pe­rei­ra tem si­do o mais uti­li­za­do nes­se pos­to. O in­ter­na­ci­o­nal por­tu­guês é, de res­to, o úni­co ti­tu­lar da de­fe­sa que não tran­si­tou da pre­té­ri­ta pa­ra a pre­sen­te tem­po­ra­da. No en­tan­to, en­cai­xou co­mo uma lu­va no quar­te­to mais re­cu­a­do e, por is­so, re­le­gou Ma­xi e Layún pa­ra as se­gun­das op­ções. *

CA­PI­TÃO. Mar­ca­no é um dos três totalistas do plan­tel

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Portugal

© PressReader. All rights reserved.