Es­pe­ci­a­lis­ta da Neu­rop­si­co­lo­gia or­ga­ni­za as bir­ras dos miú­dos em três gru­pos

Sábado - - DESTAQUE -

Exis­tem três ti­pos de bir­ra, defende Mi­cha­el Po­te­gal, pro­fes­sor e in­ves­ti­ga­dor no Min­ne­so­ta, EUA, que es­tu­da o com­por­ta­men­to in­fan­til. Há a bir­ra que pe­de aten­ção ou ca­ri­nho dos pais, a que pe­de al­go (co­mi­da, um jogo) ou a que re­cu­sa al­go (co­mo ves­tir-se). Se nas du­as pri­mei­ras ig­no­rar é a me­lhor es­tra­té­gia, pa­ra a úl­ti­ma pe­de-se acção, lem­bra o es­pe­ci­a­lis­ta. Os pais de­vem obri­gar as cri­an­ças a to­mar a acção em ques­tão (co­mo ves­tir um ca­sa­co, por exem­plo). As­sim, es­tão a mos­trar que a per­da de au­to­no­mia, a res­tri­ção fí­si­ca, é a con­sequên­cia do mau com­por­ta­men­to.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Portugal

© PressReader. All rights reserved.