OS 44 CRÉDITOS MALDITOS NO NO­VO BAN­CO

O pre­si­den­te do No­vo Ban­co ad­mi­tiu que a ven­da à Lo­ne Star foi “o pos­sí­vel” – e cri­ti­cou a ges­tão do BES

Sábado - - ASEMANA - Bruno Fa­ria Lo­pes

Pa­ra quem que­ria sa­ber por que ra­zão o No­vo Ban­co ain­da apre­sen­ta pre­juí­zos enor­mes mais de três anos de­pois da re­so­lu­ção do BES, o pre­si­den­te do Ban­co, An­tó­nio Ra­ma­lho, deu uma se­mi-res­pos­ta: há 44 créditos que con­cen­tram “o gros­so” dos pro­ble­mas, dis­se em en­tre­vis­ta ao Jor­nal de Ne­gó­ci­os eà An­te­na 1, a pri­mei­ra des­de que 75% do ban­co foi vendido aos nor­te-ame­ri­ca­nos do Lo­ne Star. A iden­ti­da­de dos de­ve­do­res, pro­te­gi­da pe­lo si­gi­lo ban­cá­rio, foi dei­xa­da de la­do por Ra­ma­lho, mas o ges­tor adi­an­tou que são “créditos imo­bi­liá­ri­os sem ga­ran­ti­as” ou “créditos à com­pra de em­pre­sas com ga­ran­tia de ac­ções”. Todos os de­ve­do­res pro­ble­má­ti­cos são em­pre­sas – aliás, 89% das im­pa­ri­da­des con­ta­bi­li­za­das na lim­pe­za do ban­co são de cli­en­tes em­pre­sa­ri­ais, re­ve­lou. An­tó­nio Ra­ma­lho usou os nú­me­ros das per­das pa­ra dei­xar uma crí­ti­ca im­plí­ci­ta à li­de­ran­ça do an­ti­go BES, apon­tan­do que “a qua­li­da­de do cré­di­to não era a melhor”. O pre­si­den­te do No­vo Ban­co não des­car­tou a apre­sen­ta­ção de mais pre­juí­zos es­te ano. Is­to sig­ni­fi­ca, na prá­ti­ca, que é pro­vá­vel que o Es­ta­do te­nha mais uma vez de em­pres­tar di­nhei­ro ao Fun­do de Re­so­lu­ção pa­ra es­te co­lo­car no No­vo Ban­co – é o que re­sul­ta do acor­do de ven­da fei­to com o “fun­do-abu­tre” Lo­ne Star, um ne­gó­cio que An­tó­nio Ra­ma­lho con­si­de­rou ser “o pos­sí­vel”. Há um ano, quan­do foi as­si­na­do o contrato-pro­mes­sa pa­ra ven­da do ban­co, uma fon­te ne­go­ci­al por­tu­gue­sa re­co­nhe­cia à SÁ­BA­DO que todos es­pe­ra­vam que a ga­ran­tia pú­bli­ca fos­se ac­ci­o­na­da – is­to apesar de o dis­cur­so po­lí­ti­co des­va­lo­ri­zar es­se ris­co. Pa­ra já se­rão em­pres­ta­dos 450 mi­lhões de eu­ros, pa­ra aju­dar a co­brir o rom­bo no ca­pi­tal do ban­co de­cor­ren­te das per­das-re­cor­de as­su­mi­das em 2017.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Portugal

© PressReader. All rights reserved.