“É bom ter uma noi­te so­zi­nha”

TV Guia - - Estrelas - TEX­TO ISA­BEL LARANJO | FO­TOS LILIANA PE­REI­RA

Ca­ta­ri­na Fur­ta­do, de 45 anos, apa­nhou o Al­fa Pen­du­lar de Lis­boa pa­ra o Por­to, tal co­mo fa­zem cen­te­nas de por­tu­gue­ses to­dos os di­as. “Éa me­lhor for­ma de vi­a­jar. São es­ses os me­lho­res mo­men­tos pa­ra des­can­sar e tam­bém de mai­or cri­a­ti­vi­da­de. Mui­tas ve­zes, uso es­se tem­po pa­ra tra­ba­lhar nos meus pro­jec­tos.”

So­zi­nha, sem o ma­ri­do, o ac­tor João Reis, de 52 anos, nem os fi­lhos por per­to, a apre­sen­ta­do­ra do The Voi­ce Por­tu­gal não dis­pen­sou a ida ao Por­tu­gal Fashi­on, ape­nas pa­ra ver o des­fi­le de Nuno Bal­ta­zar. “O Nuno é um gran­de ami­go e tem a ca­pa­ci­da­de in­crí­vel de co­nhe­cer as vá­ri­as mu­lhe­res que exis­tem den­tro de mim – e que, por ve­zes, re­fi­lam umas com as ou­tras – e ves­tir-me de acor­do com os meus di­ver­sos pa­péis. Des­de a re­pre­sen­ta­ção à apre­sen­ta­ção. E é ca­paz de surpreender, co­mo é o ca­so des­te es­ti­lo meio pin up, des­ta fa­se do pro­gra­ma. Tu­do aqui­lo, as ca­mi­sas, os cin­tos, é fei­to por ele”, elo­gia a tam­bém ami­ga do es­ti­lis­ta “não sei bem, mas acho que há mais de 15 anos”.

AGARRADAAOSFILHOS

No Por­to, Ca­ta­ri­na Fur­ta­do con­fes­sa: “É sem­pre ma­ra­vi­lho­so es­tar no Por­tu­gal Fashi­on e no Por­to, além de ser bom des­can­sar e ter uma noi­te so­zi­nha.” Ain­da as­sim, re­ve­la que os sen­ti­men­tos são am­bi­va­len­tes. “Ama­nhã vou-me já em­bo­ra! En­tão e

A apre­sen­ta­do­ra da RTP vi­a­jou de com­boio até ao Por­to pa­ra ver o des­fi­le de Nuno Bal­ta­zar

e re­ve­la que pre­ci­sa de es­tar só pa­ra des­can­sar e con­cen­trar-se nos fu­tu­ros pro­jec­tos

os meus fi­lhos? Quando di­go que é bom ter uma noi­te so­zi­nha não é pa­ra des­can­sar do meu ma­ri­do nem dos meus fi­lhos. É mes­mo por­que pre­ci­so de con­cen­trar-me nos meus vá­ri­os pro­jec­tos.”

A apre­sen­ta­do­ra da es­ta­ção pú­bli­ca é ca­sa­da com João Reis há 12 anos e tem 2 fi­lhos: Ma­ria Be­a­triz, de 11 anos de ida­de, e João Ma­ria, de 10. Quan­to ao se­gre­do de uma re­la­ção tão lon­ga e fe­liz, adi­an­ta: “Acho que não há uma fórmula. É dei­xar acon­te­ce­rem.”

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Portugal

© PressReader. All rights reserved.