Com me­do de REPRESÁLIAS

O al­gar­vio en­trou pa­ra a Ca­sa dos Se­gre­dos dis­pos­to a dar um pou­co de aven­tu­ra à sua vi­da, mas aca­bou por fi­car com o co­ra­ção aper­ta­do. Afi­nal, a sua mãe não sa­be de na­di­nha...

TV Guia - - Reality Tv - TEX­TO HU­GO AL­VES | FO­TOS RI­CAR­DO RUELLA

Qu­e­ri­a­mu­dar­de­vi­dae “pas­sar por no­vas ex­pe­ri­ên­ci­as” e, por is­so, en­trou pa­ra a ca­sa mais vi­gi­a­da do País. Mas foi “mais di­fí­cil” do que­es­pe­ra­va. “O pi­or foi não sa­ber na­da cá de fo­ra”, con­fes­sa Rui, à TV Guia. A in­se­gu­ran­ça de não sa­ber pren­dia-se­co­mo­seu­se­gre­do,que,se­gun­do o al­gar­vio, ain­da es­tá por re­sol­ver. “Que­ria sa­ber co­mo es­ta­va a mi­nha fa­mí­lia, a mi­nha mãe... O cor­te drás­ti­co foi di­fí­cil. Ti­nha me­do de que acon­te­ces­se al­gu­ma coi­sa, por­que aqui­lo não es­tá tu­do a 100 por cen­to re­sol­vi­do. Não me in­for­mei mais so­bre a si­tu­a­ção, mas sei que ain­da não es­tá em fa­se de con­clu­são e is­so de­ses­ta­bi­li­zou-me. Ti­nha me­do de que os meus pais so­fres­sem con­sequên­ci­as por cau­sa do meu se­gre­do, por­que não sei o que acon­te­ceu mais.”

Re­lem­bra­mos que o se­gre­do de Rui era: “Fui rap­ta­do por en­ga­no em Es­pa­nha”, uma his­tó­ria que o jo­vem aca­ba­ria por re­ve­lar ain­da du­ran­te o pro­gra­ma, em que tor­nou pú­bli­co que, à saí­da de uma dis­co­te­ca, ha­via si­do se­gui­do e le­va­do por, ale­ga­da­men­te, o te­rem con­fun­di­do com ou­tra pes­soa. “Sem­pre me dis­se­ram que foi um equí­vo­co... mes­mo os rap­to­res”, ati­ra o al­gar­vio, que foi ba­le­a­do nes­te pro­ces­so na per­na: “O meu ami­go, que es­ta­va co­mi­go, diz que não me atin­gi­ram de pro­pó­si­to, e eu que­ro acre­di­tar nis­so.” Con­tu­do, foi por cau­sa des­se fe­ri­men­to que aca­bou no hos­pi­tal e que aca­bou por ter de re­ve­lar à Po­lí­cia o dra­ma do rap­to... por en­ga­no. “Ti­ve de apre­sen­tar quei­xa, ape­sar de eu não que­rer. Achei que só ia per­der ao fa­zê-lo.” Quem só fi­cou a sa­ber des­te dra­ma do fi­lho em di­rec­to, jun­ta­men­te com o pú­bli­co, foi a mãe, com quem Rui só ago­ra fa­lou. “Ela per­ce­beu as mi­nhas re­ti­cên­ci­as.”

Em Vi­la Re­al de Santo António con­ta-se que es­ta não ti­nha si­do a pri­mei­ra vez que

o jo­vem ha­via si­do rap­ta­do. Rui apres­sa-se a des­men­tir o fac­to: “Não é ver­da­de. Per­di-me em Es­pa­nha tam­bém, num par­que de di­ver­sões. E, sim, as­sus­tei os meus pais. Mas não é a mes­ma coi­sa.”

VAIDOSO Q.B.

Rui ado­rou a sua par­ti­ci­pa­ção no Ca­sa dos Se­gre­dos,mas­de­lá­não­tra­zu­ma­mor,ape­sar de ter ten­ta­do a sor­te com Jo­a­na F. e Carina,al­go­que­a­go­ra­ne­ga. “Acham? Nun­ca quis na­da com elas”, ga­ran­te, ne­gan­do as ima­gen­sem­que­as­ten­ta­va­con­quis­tar.Tal­vez­cá­fo­ra.Oal­gar­vi­o­ri-se­sem­ne­gar.Pe­lo me­nos cá fo­ra vai po­der con­ti­nu­ar a pre­o­cu­par-se­co­ma­su­ai­ma­gem­que­diz­ter­des­lei­xa­do­naVen­da­doPi­nhei­ro.

“Acho que é uma pre­o­cu­pa­ção de to­dos, nos di­as de ho­je”, diz. Mas Rui ex­ce­de-se, es­pe­ci­al­men­te com o na­riz. “So­fri uma co­to­ve­la­das agres­si­va num jo­go de fu­te­bol. Ele

não ci­ca­tri­zou bem e aca­bou por fi­car des­pro­por­ci­o­nal. Aca­bei por fa­zer três ope­ra­ções. As pri­mei­ras não cor­re­ram bem, por is­so é que fiz mais”, ten­ta jus­ti­car-se,ale­gan­do­ser­vai­do­so, “mas ape­nas o ne­ces­sá­rio”.

Rui diz que ne­nhu­ma das me­ni­nas lhe agra­dou, mas cá fo­ra não co­lo­ca na­da de par­te...

O se­gre­do de Rui: “Fui

rap­ta­do por en­ga­no em Es­pa­nha.”

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Portugal

© PressReader. All rights reserved.