PA­RA LÁ DO ÓB­VIO

VOGUE (Portugal) - - Buzz -

De­ve­mos es­tar atentos ao que se pas­sa nos cor­re­do­res me­nos evi­den­tes dos mu­seus e nas ga­le­ri­as – é por lá que pas­sa o fu­tu­ro. Ed­gar Mar­tins foi um su­ces­so na ga­le­ria Cris­ti­na Guer­ra e no Maat, em 2016, e ago­ra po­de­mos en­con­trar o fio à me­a­da des­te seu tra­ba­lho, fei­to a par­tir dos ar­qui­vos do Ins­ti­tu­to Na­ci­o­nal de Me­di­ci­na Le­gal e Ci­ên­ci­as Fo­ren­ses, em Gui­ma­rães. Um dos fo­tó­gra­fos mais re­le­van­tes da ar­te con­tem­po­râ­nea na­ci­o­nal , nun­ca escolhe o ób­vio – de­pois da tec­no­lo­gia, da ar­qui­te­tu­ra e da pai­sa­gem, ex­plo­ra os pro­ces­sos vi­su­ais mais hí­bri­dos, fa­zen­do da fo­to­gra­fia uma ex­pe­ri­ên­cia pes­so­al e uma re­fle­xão so­bre a vi­da e a mor­te. Im­per­dí­vel tam­bém é Gil Hei­tor Cor­te­são na ga­le­ria Pe­dro Cera, uma es­pé­cie de fic­ção sem uma li­nha de tem­po ou es­pa­ço iden­ti­fi­cá­veis, com­po­si­ções ir­re­sis­tí­veis de cor e ob­je­tos que qua­se pa­re­cem apa­ri­ções on­de nos per­de­mos em ob­ser­va­ção, sem es­pe­ran­ça de ori­en­ta­ção.. Ed­gar Mar­tins, Des­ti­ner­rân­cia – O Lu­gar do Mor­to É o Lu­gar da Fo­to­gra­fia, no Cen­tro In­ter­na­ci­o­nal de Ar­tes Jo­sé de Gui­ma­rães até 4 de ju­nho, Gil Hei­tor Cor­te­são, La­te Night Shop­ping na ga­le­ria Pe­dro Cera, até 4 de mar­ço.

Lobby de Gil Hei­tor Cor­te­são.

Rock e Ba­na­na, à di­rei­ta, de Ed­gar Mar­tins.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Portugal

© PressReader. All rights reserved.