Con­ver­sa de ra­pa­ri­gas CON­TI­NU­A­ÇÃO DO AR­TI­GO

VOGUE (Portugal) - - Lifestyle -

Girls é uma das pou­cas sé­ri­es te­le­vi­si­vas em que qua­tro dos cin­co pro­du­to­res prin­ci­pais são mu­lhe­res. O se­xis­mo en­dé­mi­co de Hollywo­od é en­fren­ta­do de ca­ras por Du­nham e Kon­ner com a sua re­cen­te aven­tu­ra na co­mu­ni­ca­ção so­ci­al, a Lenny, que dá pri­o­ri­da­de aos as­sun­tos fe­mi­ni­nos (além de acres­cen­ta­rem con­teú­do de ví­deo à news­let­ter, elas es­tão a tra­ba­lhar a to­do o va­por na sua pro­du­to­ra e nu­ma no­va pu­bli­ca­ção com a Ran­dom Hou­se).

En­tre­tan­to, Du­nham e as su­as com­pa­nhei­ras de ecrã têm in­ves­ti­do in­di­vi­du­al­men­te em cau­sas que de­fen­dem. Uma se­ma­na an­tes da ses­são fo­to­grá­fi­ca, o quar­te­to di­vul­gou um anún­cio de ser­vi­ço pú­bli­co, pe­din­do um am­bi­en­te de mai­or apoio às ví­ti­mas de agres­são se­xu­al, que se tor­nou vi­ral num par de ho­ras. Foi o pri­mei­ro pro­ble­ma so­ci­al que abor­da­ram en­quan­to gru­po. “Sin­to um gran­de or­gu­lho quan­do olho pa­ra es­ta sé­rie e ve­jo que, quan­do co­me­çá­mos, tí­nha­mos to­das en­tre 22 e 25 anos”, diz Du­nham. “Te­ria si­do mui­to fá­cil ter­mos en­tra­do nu­ma on­da de ‘ya, va­mos só ver des­fi­les de Mo­da e fa­zer vi­a­gens à bor­la pa­ra St. Barth’s’, mas es­tas mu­lhe­res com­pro­me­te­ram-se se­ri­a­men­te a usar a sua pla­ta­for­ma pa­ra fa­zer coi­sas sé­ri­as. Ne­nhu­ma usou a aten­ção que re­ce­bia só pa­ra ga­nhar ma­las.” A tí­tu­lo de exem­plo, Du­nham vo­lun­ta­ri­ou-se pa­ra a cam­pa­nha de Clin­ton pa­ra aju­dar a an­ga­ria o vo­to dos mil­len­ni­als.

O pró­xi­mo ca­pí­tu­lo le­va­rá es­tas girls a se­gui­rem di­re­ções di­fe­ren­tes, em­bo­ra elas in­sis­tam que se­rão melhores a man­ter o con­tac­to do que as su­as dop­pelgän­gers do pe­que­no ecrã, que pas­sam a vi­da a des­mar­car com­pro­mis­sos. Em fe­ve­rei­ro, Wil­li­ams apa­re­ce­rá em Get Out, de Jor­dan Pe­e­le, uma ver­são de ter­ror do fil­me Gu­ess Who’s Co­ming to Din­ner. Ma­met vai in­ter­pre­tar Pat­ti Smith em Map­plethor­pe. Kir­ke pla­neia con­cen­trar-se na sua pin­tu­ra. E não é sur­pre­sa sa­ber que Du­nham tem uma sé­rie de pro­je­tos, in­cluin­do es­cre­ver um li­vro no­vo, de­di­car mais tem­po à Lenny, es­cre­ver e re­a­li­zar fil­mes e sé­ri­es te­le­vi­si­vas pa­ra “cri­ar es­pa­ço pa­ra atri­buir bons papéis a ou­tras mu­lhe­res – e a mu­lhe­res di­fe­ren­tes”. (Os ra­pa­zes de Girls tam­bém es­tão ocu­pa­dos: Dri­ver apa­re­ce em vá­ri­os ecrãs, de A Guer­ra das Es­tre­las a Si­len­ce, de Scorsese; e An­drew Ran­nells, o mor­daz me­lhor ami­go de Han­nah, ani­ma atu­al­men­te a Bro­adway com Fal­set­tos.)

Qu­an­to ao ru­mo da vi­da des­tas per­so­na­gens, Kon­ner diz ape­nas: “Pos­so di­zer-lhe que as ra­pa­ri­gas, num es­ti­lo mui­to Girls, co­me­çam fi­nal­men­te a cres­cer. A nos­sa mai­or es­pe­ran­ça é que o pú­bli­co con­si­de­re o fi­nal tão sa­tis­fa­tó­rio co­mo nós. Mas, e daí, se o pú­bli­co fi­car com­ple­ta­men­te sa­tis­fei­to, não se­ria Girls, pois não?”

Quar­te­to fan­tás­ti­co

Ime­di­a­ta­men­te à di­rei­ta: Je­mi­ma Kir­ke com uma blu­sa Co e cal­ças de gan­ga Ci­ti­zens of Hu­ma­nity; Al­li­son Wil­li­ams com uma ca­mi­so­la Brock Col­lec­ti­on e saia Al­tu­zar­ra; Zo­sia Ma­met com um vestido Mar­ni; Le­na Du­nham com um vestido Ch­ris­topher Ka­ne. Ca­be­lo: Di­e­go Da Silva. Maquilhagem de Kir­ke, Wil­li­ams e Du­nham: Romy So­lei­ma­ni. Maquilhagem de Ma­met: Joshua Ris­tai­no.

O es­qua­drão

“Não é o no­vo Se­xo e a Ci­da­de”, dis­se Du­nham mes­mo an­tes da es­treia de Girls. “São per­so­na­gens que vi­ram a sé­rie, mas a sua re­a­li­da­de é ex­tre­ma­men­te di­fe­ren­te.” Da es­quer­da: Kir­ke, Du­nham, Ma­met e Wil­li­ams, fo­to­gra­fa­das por Nor­man Je­an Roy pa­ra a Vo­gue, 2012. l

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Portugal

© PressReader. All rights reserved.