CHAR­LOT­TE SIN­CLAIR

VOGUE (Portugal) - - Colaboradores -

Char­lot­te Sin­clair é edi­to­ra con­tri­buin­te pa­ra a Vo­gue bri­tâ­ni­ca, es­cri­to­ra fre­e­lan­cer e au­to­ra de Vo­gue On Di­or

e Vo­gue On Ver­sa­ce.

Es­cre­veu o ar­ti­go Ca­be­ças que fa­lam

(p. 50) e ado­rou des­co­brir o sig­ni­fi­ca­do que os cha­péus têm, além de ser­vi­rem pa­ra co­brir a ca­be­ça – ficou com von­ta­de de pas­sar a usar mais cha­péus e co­me­çou a apre­ci­ar a ar­te en­vol­vi­da na sua cri­a­ção, e o fac­to de se­rem uma pe­ça-sta­te­ment com mui­to char­me. E qual é o seu aces­só­rio de elei­ção? “Len­ços de ca­xe­mi­ra, que ser­vem vá­ri­os pro­pó­si­tos – de man­ta em ae­ro­por­tos ou em quar­tos de hotel com ar-con­di­ci­o­na­do de­ma­si­a­do in­ten­so, abri­gam do sol ou da chu­va quan­do se tem um ca­be­lo aca­ba­do de ar­ran­jar…

Com­pro-os em mer­ca­dos em Kat­man­du e ca­da um tem uma his­tó­ria.” De­pois de ter tra­ba­lha­do co­mo atriz pro­fis­si­o­nal du­ran­te mais de uma dé­ca­da, Cláudia Lu­cas

Chéu per­ce­beu que gos­ta­va mais de dar in­di­ca­ções do que de as re­ce­ber. É ar­gu­men­tis­ta, dra­ma­tur­ga e edi­to­ra: tem pu­bli­ca­dos di­ver­sos li­vros de dra­ma­tur­gia e po­e­sia, fez di­re­ção de ato­res e en­ce­nou textos da sua au­to­ria pa­ra o Te­a­tro Na­ci­o­nal Do­na Ma­ria II, Te­a­tro Car­los Al­ber­to (TECA), en­tre ou­tros. Além disso, gosta de pen­sa­do­res con­tem­po­râ­ne­os, Mah­ler e ham­búr­gue­res. Nes­ta edi­ção, as­si­na Or­dem do pra­zer (p. 126), ar­ti­go que es­cre­veu com gos­to, da­da a apre­ci­a­ção que tem pe­lo ci­ne­ma de au­to­ria por­tu­gue­sa, e por­que se aper­ce­beu que o pra­zer é al­go co­mun­ga­do du­ran­te o pro­ces­so de cri­a­ção de um fil­me, in­de­pen­den­te­men­te de quão se­ve­ras e ri­go­ro­sas são to­das as eta­pas. Se pu­des­se atri­buir um Ós­car a uma re­a­li­za­do­ra, se­ria “à ar­gen­ti­na Lu­cre­cia Mar­tel. E tam­bém a So­fia Cop­po­la, apenas pe­lo seu pri­mei­ro fil­me: As Vir­gens Sui­ci­das”. As ima­gens de An Le já o le­va­ram a per­cor­rer o mun­do des­de que dei­xou a fa­mí­lia no Vi­et­na­me e par­tiu pa­ra os Es­ta­dos Uni­dos so­zi­nho e com um sonho. Já cap­tou ima­gens pa­ra di­ver­sas pu­bli­ca­ções, en­tre as quais W Ma­ga­zi­ne, The Sun­day Ti­mes e i-d Ma­ga­zi­ne. Pa­ra a Vo­gue Portugal, fo­to­gra­fou Hot Cou­tu­re (p. 96). So­bre o seu tra­ba­lho, An Le ex­pli­ca que “tem um sen­ti­men­to de nar­ra­ti­va e dra­ma, e eu gos­to de ex­plo­rar di­fe­ren­tes his­tó­ri­as con­ce­tu­ais e usar di­fe­ren­tes ti­pos de ilu­mi­na­ção con­so­an­te as nar­ra­ti­vas. Cos­tu­mo di­zer que não se co­zi­nha bi­fe e fran­go da mes­ma ma­nei­ra; his­tó­ri­as di­fe­ren­tes exi­gem cas­tings, ilu­mi­na­ção e abor­da­gens dis­tin­tas. Mas eu ado­ro co­res e lo­cais in­te­res­san­tes. Ado­ro o dra­ma, as emo­ções e os sen­ti­men­tos que uma ima­gem po­de pro­vo­car. Se ti­ver que o des­cre­ver, o meu tra­ba­lho é uma mis­tu­ra de nar­ra­ti­va, fan­ta­sia, se­xo e dra­ma”.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Portugal

© PressReader. All rights reserved.