Car­los Lo­pes dei­xa

Co­mis­são Eco­nó­mi­ca pa­ra Áfri­ca

Africa21 - - Aos Leitores -

Com a fo­to­gra­fia de sa­té­li­te da sua al­deia na­tal Can­chun­go, Gui­né-Bis­sau, nu­ma parede do seu es­cri­tó­rio, e a fo­to­gra­fia de Amíl­car Ca­bral nou­tra parede, Car­los Lo­pes des­pe­diu-se do car­go de se­cre­tá­rio exe­cu­ti­vo da Co­mis­são Eco­nó­mi­ca pa­ra Áfri­ca (CEA) das Na­ções Uni­das, que ocu­pa­va des­de 2012. Car­los Lo­pes dei­xou a CEA no fi­nal de ou­tu­bro, num mo­men­to de tran­si­ção de li­de­ran­ças na ONU e na União Afri­ca­na. O seu fu­tu­ro pró­xi­mo os­ci­la­rá «en­tre o re­gres­so à Uni­ver­si­da­de e a re­for­ma da União Afri­ca­na». Ten­do si­do re­cen­te­men­te convidado pe­lo Pre­si­den­te da Re­pú­bli­ca ru­an­dês, Paul Ka­ga­me, a pen­sar nu­ma re­es­tru­tu­ra­ção da or­ga­ni­za­ção pan-afri­ca­na, jun­ta­men­te com Do­nald Ka­be­ru­ka, Acha Le­ke e Stri­ve Ma­siyiwa, Car­los Lo­pes fa­rá par­te da equi­pa pen­san­te das pri­o­ri­da­des, am­bi­ções e ca­pa­ci­da­de ope­ra­ti­va da ins­ti­tui­ção da qu­al a CEA se tor­nou o bra­ço di­rei­to téc­ni­co. «Ao lon­go dos úl­ti­mos qua­tro anos, a CEA ali­men­tou a re­fle­xão so­bre o mo­de­lo de de­sen­vol­vi­men­to que Áfri­ca de­ve ado­tar. Fo­mos ca­pa­zes de co­lo­car no cen­tro das aten­ções dos nos­sos di­ri­gen­tes as­sun­tos au­sen­tes e mar­gi­na­li­za­dos, co­mo a ques­tão da in­dus­tri­a­li­za­ção ou do fi­nan­ci­a­men­to das eco­no­mi­as atra­vés dos re­cur­sos na­ci­o­nais», afir­mou Car­los Lo­pes em en­tre­vis­ta ao jor­nal fran­cês Le As ex­pres­sões «trans­for­ma­ção es­tru­tu­ral», «mo­bi­li­za­ção dos re­cur­sos do­més­ti­cos», «combate aos flu­xos fi­nan­cei­ros ilí­ci­tos», en­tre ou­tras, pas­sa­ram a ser ci­ta­das em vá­ri­os dis­cur­sos dos di­ri­gen­tes afri­ca­nos, fa­zen­do jus à vi­são de Lo­pes pa­ra a CEA: a de trans­for­mar a ins­ti­tui­ção no Think Tank nú­me­ro um de Áfri­ca, ou não fos­se o seu man­tra «Áfri­ca em pri­mei­ro lu­gar». Car­los Lo­pes foi elo­gi­a­do pe­lo seu pa­pel na re­es­tru­tu­ra­ção da or­ga­ni­za­ção, em ter ele­va­do sig­ni­fi­ca­ti­va­men­te a re­la­ção da or­ga­ni­za­ção com os seus par­cei­ros e es­ta­dos mem­bros, na li­de­ran­ça da or­ga­ni­za­ção de gran­des con­fe­rên­ci­as de for­te im­pac­to so­bre o de­sen­vol­vi­men­to de Áfri­ca e no em­po­de­ra­men­to dos fun­ci­o­ná­ri­os a to­dos os ní­veis, as­se­gu­ran­do, em par­ti­cu­lar, a pa­ri­da­de de gé­ne­ro na or­ga­ni­za­ção. Car­los Lo­pes é co­la­bo­ra­dor da Áfri­ca21 des­de abril de 2015.

JE­AN CRISTOPHE CAMBADELIS, se­cre­tá­rio-ge­ral do PS fran­cês

“Os his­to­ri­a­do­res se­rão ex­tre­ma­da­men­te se­ve­ros em re­la­ção a to­dos os di­ri­gen­tes da es­quer­da que não se aper­ce­bam dos pe­ri­gos que se per­fi­lam pa­ra a pró­xi­ma dé­ca­da. Mon­de.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Angola

© PressReader. All rights reserved.