AN­GO­LA VAI ENDIVIDAR-SE EM MAIS DE 11 MIL MI­LHÕES

Folha 8 - - DESTAQUE -

OEs­ta­do angolano pre­ci­sa endividar- se em 3,929 bi­liões de kwan­zas (11.100 mi­lhões de eu­ros) em 2019, equi­va­len­te a 34,6% das re­cei­tas do Or­ça­men­to Ge­ral do Es­ta­do (OGE), se­gun­do a pro­pos­ta que o Go­ver­no en­tre­gou na As­sem­bleia Na­ci­o­nal no dia 31.10. A in­for­ma­ção cons­ta con­ta do re­la­tó­rio de fun­da­men­ta­ção da pro­pos­ta de OGE pa­ra 2019, e con­tras­ta com as ne­ces­si­da­des de fi­nan­ci­a­men­to (in­ter­no e ex­ter­no) que o Go­ver­no ins­cre­veu no Or­ça­men­to em vi­gor es­te ano, pre­ven­do en­tão endividar-se em mais de 4,780 bi­liões de kwan­zas (mais de 25.500 mi­lhões de eu­ros, à ta­xa de câm­bio de De­zem­bro de 2017), o equi­va­len­te a 494% de to­das as ne­ces­si­da­des de fi­nan­ci­a­men­to. Pa­ra 2019, o Go­ver­no angolano es­ti­ma fi­nan­ci­ar-se in­ter­na­men­te em 1,934 bi­liões de kwan­zas (5.500 mi­lhões de eu­ros) e no ex­te­ri­or em 1,995 bi­liões de kwan­zas (5.680 mi­lhões de eu­ros). No re­la- tó­rio de fun­da­men­ta­ção da pro­pos­ta de OGE, o Go­ver­no angolano re­fe­re igual­men­te que a par­tir do ano 2019, a im­ple­men­ta­ção das re­for­mas eco­nó­mi­cas de­fi­ni­das no Pro­gra­ma de Es­ta­bi­li­za­ção Ma­cro­e­co­nó­mi­ca (PEM) “con­ta­rá com o apoio fi­nan­cei­ro e téc­ni­co” do Fun­do Mo­ne­tá­rio In­ter­na­ci­o­nal (FMI), atra­vés de um Pro­gra­ma de Fi­nan­ci­a­men­to Am­pli­a­do (Ex­ten­ded Fund Fa­ci­lity – EFF), que se en­con­tra em ne­go­ci­a­ção com aque­le or­ga­nis­mo. “O OGE 2019 es­tá fei­to com ba­se em me­di­das que, em­bo­ra ain­da não for­mal­men­te apro­va­das pe­lo Con­se­lho de Ad­mi­nis­tra­ção do FMI, fo­ram já acei­tes por am­bas as par­tes du­ran­te as ne­go­ci­a­ções em cur­so”, lê-se no re­la­tó­rio de fun­da­men­ta­ção. Uma mis­são do FMI es­te­ve já em Lu­an­da, no fi­nal de Se­tem­bro, pa­ra ne­go­ci­ar com o Go­ver­no o pro­gra­ma de fi­nan­ci­a­men­to a três anos, de até 4.500 mi­lhões de dó­la­res (3.940 mi­lhões de eu­ros). Na pro­pos­ta de OGE pa­ra 2019, o Go­ver­no pre­vê ar­re­ca­dar re­cei­tas fis­cais – im­pos­tos, con­tri­bui­ções so­ci­ais e ou­tras – de mais de 7,423 bi­liões de kwan­zas (21.100 mi­lhões de eu­ros). Es­te Or­ça­men­to, que ain­da te­rá de ser dis­cu­ti­do e vo­ta­do, até De­zem­bro, na As­sem­bleia Na­ci­o­nal, con­tem­pla des­pe­sas e re­cei­tas no mon­tan­te de 11,345 bi­liões de kwan­zas (32.340 mi­lhões de eu­ros), um au­men­to ab­so­lu­to de 17,1% re­la­ti­va­men­te ao OGE de 2018. O Go­ver­no es­pe­ra ain­da um su­pe­ra­vit de 1,5% do Pro­du­to In­ter­no Bru­to nas con­tas pú­bli­cas de 2019 e um cres­ci­men­to eco­nó­mi­co de 2,8%.

PRE­SI­DEN­TE DA AS­SEM­BLEIA NA­CI­O­NAL DE AN­GO­LA, FER­NAN­DO DI­AS DA PIEDADE DOS SAN­TOS E MI­NIS­TRO DO DE­SEN­VOL­VI­MEN­TO DE AN­GO­LA, MA­NU­EL NU­NES JÚNIOR

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Angola

© PressReader. All rights reserved.