TU­DO DI­FE­REN­TE EM 2019. PA­LA­VRA DE PRE­SI­DEN­TE!

Folha 8 - - DESTAQUE -

OHos­pi­tal Amé­ri­co Bo­a­vi­da, em Lu­an­da, vai be­ne­fi­ci­ar de re­a­bi­li­ta­ção pro­fun­da em 2019, pa­ra su­plan­tar os pro­ble­mas de mi­cro e ma­cro dre­na­gem que es­tão a de­gra­dar as fun­da­ções do edi­fí­cio. Di­ag­nós­ti­co fei­to (co­mo mui­tos ou­tros) só fal­ta ini­ci­ar o mais di­fí­cil, a te­ra­pêu­ti­ca. Is­to por­que, pa­re­ce-nos, pro­mes­sas não cu­ram do­en­tes. Mas é bem pos­sí­vel que a Co­reia (do Nor­te) dê uma aju­da. A in­for­ma­ção foi avan­ça­da pe­la mi­nis­tra da Saú­de, Síl­via Lu­tu­cu­ta, no fi­nal da vi­si­ta do Pre­si­den­te da Re- pú­bli­ca, João Lou­ren­ço, à re­fe­ri­da uni­da­de hos­pi­ta­lar que tem ca­pa­ci­da­de pa­ra 800 ca­mas. Fun­da­do em 1958, o Amé­ri­co Bo­a­vi­da é um hos­pi­tal uni­ver­si­tá­rio de re­fe­rên­cia que con­ta com 300 tra­ba­lha­do­res e 173 mé­di­cos, en­tre an­go­la­nos e es­tran­gei­ros (os ex­pa­tri­a­dos são mai­o­ri­ta­ri­a­men­te cu­ba­nos). Tem qua­se to­das as es­pe­ci­a­li­da­des, ex­cep­to as de otor­ri­no­la­rin­go­lo­gia e of­tal­mo­lo­gia. A mi­nis­tra da Saú­de dis­se que o hos­pi­tal pre­ci­sa de uma re­a­bi­li­ta­ção pro­fun­da com es­pe­ci­al aten­ção à par­te es­tru­tu­ral, por ha­ver pro­ble­mas de mi­cro e ma­cro dre­na­gem que es­tão a de­gra­dar as fun­da­ções do edi­fí­cio. Síl­via Lu­tu­cu­ta in­for­mou que o seu pe­lou­ro es­tá a tra­ba­lhar com o Mi­nis­té­rio da Cons­tru­ção e o La­bo­ra­tó­rio de En­ge­nha­ria, que vão dar ins­tru­ções téc­ni­cas pre­ci­sas pa­ra a re­a­bi­li­ta­ção do edi­fí­cio. A mi­nis­tra ma­ni­fes­tou-se sa­tis­fei­ta com o fac­to de o Pre­si­den­te da Re­pú­bli­ca ter vi­si­ta­do a es­tru­tu­ra hos­pi­ta­lar no fi­nal do ano. “É mais uma de­mons­tra­ção de que o Pre­si­den­te da Re­pú­bli­ca es­tá pre­o­cu­pa­do com o sec­tor so­ci­al e ago­ra veio dar mais uma mão ao sec­tor da saú­de”, dis­se Síl­via Lu­tu­cu­ta. À se­me­lhan­ça de ou­tras uni­da­des hos­pi­ta­la­res, o Hos­pi­tal Amé­ri­co Bo­a­vi­da con­ta com um apoio fi­nan­cei­ro pa­ra a com­pra de equi­pa­men­tos. A mi­nis­tra acre­di­ta que com a com­bi­na­ção de no­vos equi­pa­men­tos e a re­a­bi­li­ta­ção das áre­as com pro­ble­mas gra­ves, tal pres­su­pos­to vai dar uma me­lhor qua­li­da­de as­sis­ten­ci­al aos pa­ci­en­tes. Do pon­to de vis­ta de me­di­ca­men­tos, in­for­mou que o hos­pi­tal es­tá bem, além de es­tar a de­cor­rer um con­cur­so pú­bli­co pa­ra aqui­si­ção de fár­ma­cos, num pro­ces­so que se­rá con­tí­nuo e mais abran­gen­te. Por sua vez, em de­cla­ra­ções à An­gop, o di­rec­tor do La­bo­ra­tó­rio de En­ge­nha­ria de An­go­la, Rui Mar­ques, in­for­mou que a ano­ma­lia no hos­pi­tal Amé­ri­co Bo­a­vi­da se de­ve, so­bre­tu­do, à ele­va­ção do ní­vel freá­ti­co. Ex­pli­cou ha­ver obs­tru­ção no sis­te­ma de dre­na­gem que tem pro­vo­ca­do inun­da­ções e a ele­va­ção do ní­vel freá­ti­co que, por sua vez, le­vou à ocor­rên­cia de as­sen­ta­men­tos na es­tru­tu­ra do hos­pi­tal. O en­ge­nhei­ro en­ten­de que a so­lu­ção pas­sa pe­la re­a­bi­li­ta­ção da re­de de dre­na­gem plu­vi­al. Se­gun­do o téc­ni­co, exis­te um pro­jec­to que foi fei­to em 1969 pe­lo la­bo­ra­tó­rio de en­ge­nha­ria e cons­truí­do o sis­te­ma de dre­na­gem plu­vi­al que al­ber­ga­va a re­de de es­co­a­men­to do hos­pi­tal no con­tex­to des­ta zo­na da ci­da­de. Es­te pro­jec­to es­tá dis­po­ní­vel e é pos­sí­vel iden­ti­fi­car quais são as áre­as on­de exis­ti­rá obs­tru­ção das con­du­tas e dos co­lec­to­res, adi­an­tou. In­for­mou tam­bém que após o tra­ba­lho da re­cu­pe­ra­ção da re­de de dre­na­gem, se­rá ne­ces­sá­rio fa­zer o re­for­ço das fun­da­ções dos edi­fí­ci­os que apre­sen­tam pro­ble­mas de es­ta­bi­li­da­de. A re­cu­pe­ra­ção po­de ser fei­ta sem a ne­ces­si­da­de de eva­cu­ar com­ple­ta­men­te o edi­fí­cio. O Pre­si­den­te da Re­pú­bli­ca vi­si­tou to­das as áre­as do hos­pi­tal, com des­ta­que pa­ra as en­fer­ma­ri­as, blo­co ope­ra­tó­rio, ser­vi­ços de uro­lo­gia, car­di­o­lo­gia, neu­ro­lo­gia, gas­tren­te­ro­lo­gia, der­ma­to­lo­gia, área de me­di­ci­na in­ter­na e as três áre­as de ur­gên­ci­as.

MI­NIS­TRA DA SAÚ­DE, SÍL­VIA LU­TU­CU­TA

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Angola

© PressReader. All rights reserved.