Vi­da e obra de Agos­ti­nho Neto ce­le­bra­das em Bu­da­pes­te

Jornal Cultura - - Letras -

O Dia do He­rói Na­ci­o­nal foi ce­le­bra­do em Bu­da­pes­te, Hun­gria, com uma sé­rie de con­fe­rên­ci­as acer­ca da Vi­da e Obra do Fun­da­dor da Na­ção An­go­la­na.

As ce­le­bra­ções ti­ve­ram lu­gar no dia 17 (Quar­ta-fei­ra), du­ran­te to­do o dia, no Sa­lão No­bre da Fa­cul­da­de de Le­tras da Uni­ver­si­da­de Eötvös Lo­ránd (ELTE) da Hun­gria, ten­do si­do mar­ca­das com dis­cur­sos de aber­tu­ra da Em­bai­xa­do­ra de An­go­la na­que­le país da Eu­ro­pa do Les­te, Drª Li­zeth Pe­na, do De­ca­no da Fa­cul­da­de de Le­tras da Uni­ver­si­da­de da Hun­gria, Ta­más Dez­só, do Se­nhor Sán­dor Balogh, pre­si­den­te da As­so­ci­a­ção Áfri­ca-Hun­gria (AHU) e da Se­nho­ra Edit Kiss, da Sec­ção Áfri­ca Aus­tral da Ca­sa do Co­mér­cio Hún­ga­ro (MNKH).

Mem­bros do cor­po di­plo­má­ti­co acre­di­ta­do na Hun­gria, com des­ta­que pa­ra os em­bai­xa­do­res do Bra­sil e de Por­tu­gal, e mem­bros da co­mu­ni­da­de an­go­la­na ra­di­ca­da na Hun­gria, fun­ci­o­ná­ri­os da Mis­são Di­plo­má­ti­ca de An­go­la em Bu­da­pes­te e es­tu­dan­tes do De­par­ta­men­to de Por­tu­guês da Fa­cul­da­de de Le­tras da Uni­ver­si­da­de Eot- vós Lo­rand da Hun­gria par­ti­ci­pa­ram das ce­le­bra­ções.

O per­cur­so do Pre­si­den­te Agos­ti­nho Neto foi abor­da­do em dois pai­néis, de­sig­na­da­men­te: “Vi­da e Obra de Agos­ti­nho Neto” e “Agos­ti­nho Neto: o Po­e­ta”.

No pri­mei­ro Painel fo­ram fei­tas três co­mu­ni­ca­ções, sen­do du­as por Ar­lin­do Isa­bel, do­cen­te da Fa­cul­da­de de Ci­ên­ci­as So­ci­ais e di­rec­tor do Ga­bi­ne­te de In­for­ma­ção e Do­cu­men­ta­ção da Uni­ver­si­da­de Agos­ti­nho Neto, so­bre “Agos­ti­nho Neto: Es­tu­dan­te, Mé­di­co e Po­lí­ti­co” e “Agos­ti­nho Neto: O Re­vo­lu­ci­o­ná­rio e Pri­mei­ro Pre­si­den­te de An­go­la In­de­pen­den­te”.

O pro­fes­sor Dou­tor Gá­bor Búr, di­rec­tor do De­par­ta­men­to de História Con­tem­po­râ­nea da Fa­cul­da­de de Le­tras da ELTE apre­sen­tou uma co­mu­ni­ca­ção in­ti­tu­la­da “O Per il de Agos­ti­nho Neto en­tre os Di­ri­gen­tes Afri­ca­nos do Sé­cu­lo XX”, en­quan­to que, no II Painel, a Drª Éva Tóth, tra­du­to­ra do li­vro Sa­gra­da Es­pe­ran­ça de Agos­ti­nho Neto pa­ra a lín­gua hún­ga­ra, abor­dou o te­ma “Agos­ti­nho Neto: o li­te­ra­to”.

Ar­lin­do Isa­bel des­ta­cou o per­fil de Agos­ti­nho Neto co­mo es­tu­dan­te exem­plar, po­lí­ti­co e re­vo­lu­ci­o­ná­rio do­ta­do de uma gran­de sen­si­bi­li­da­de hu­ma­na e de es­ta­dis­ta pre­o­cu­pa­do com a ver­da­dei­ra in­de­pen­dên­cia do seu país e pe­la dig­ni­fi­ca­ção do ho­mem an­go­la­no, atra­vés da sua eman­ci­pa­ção so­ci­al, po­lí­ti­ca e eco­nó­mi­ca. Re­cor­dou as pa­la­vras de or­dem “Na Na­mí­bia, Áfri­ca do Sul e no Zim­babwe, es­tá a con­ti­nu­a­ção da nos­sa lu­ta”, que ex­pres­sa a sua di­men­são re­vo­lu­ci­o­ná­ria in­ter­na­ci­o­na­lis­ta, “O mais im­por­tan­te é re­sol­ver os pro­ble­mas do po­vo”, que mos­tra a sua pre­o­cu­pa­ção pe­la dig­ni­da­de do ho­mem an­go­la­no, que pas­sa pe­la con­quis­ta da paz e pe­la edu­ca­ção e ins­tru­ção da po­pu­la­ção e pe­lo trabalho ár­duo em prol do de­sen­vol­vi­men­to do país. Agos­ti­nho Neto re­jei­ta to­das as for­mas de ne­o­co­lo­ni­a­lis­mo e cha­ma a aten­ção à Áfri­ca, quan­do, em Car­tum, na 15 ª Ci­mei­ra dos Che­fes de Es­ta­do e de Go­ver­no da en­tão Or­ga­ni­za­ção da Uni­da­de Afri­ca ( OUA), cons­ta­ta: “Áfri­ca Pa­re­ce um cor­po iner­te on­de ca­da abutre vem de­bi­car o seu pe­da­ço”.

Além das pa­les­tras, o pro­gra­ma in­cluiu ain­da a lei­tu­ra de po­e­mas de Agos­ti­nho Neto, ex­traí­dos das obras Sa­gra­da Es­pe­ran­ça e A Re­nún­cia Im­pos­sí­vel, por par­te de es­tu­dan­tes e leitores do De­par­ta­men­to de Lín­gua Por­tu­gue­sa da Fa­cul­da­de de Le­tras da Uni­ver­si­da­de Eot­vos Lo­rand da Hun­gria e fun­ci­o­ná­ri­os da Em­bai­xa­da de An­go­la em Bu­da­pes­te, uma ex­po­si­ção de li­vros de au­to­res an­go­la­nos, edi­ta­dos pe­la Maym­ba Edi­to­ra, li­vros e DVD’s de Dis­cur­sos de e so­bre Agos­ti­nho Neto, uma ofer­ta da Fun­da­ção Dr. Agos­ti­nho Neto, e uma ex­po­si­ção de re­tra­tos de Agos­ti­nho Neto, pin­ta­dos pe­lo ar­tis­ta plás­ti­co an­go­la­no Moi­sés Kwan­za, re­si­den­te na Ale­ma­nha, e ain­da uma ex­po­si­ção de capas de li­vros exis­ten­tes na Biblioteca Cen­tral da Uni­ver­si­da­de da Hun­gria, sob o tí­tu­lo “An­go­la nos es­pó­li­os da Biblioteca da Uni­ver­si­da­de ELTE”, cu­ja apre­sen­ta­ção cou­be à cu­ra­do­ra e di­rec­to­ra da re­fe­ri­da biblioteca, Dr ª Ka­ta­lin Ka­lóc­zi.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Angola

© PressReader. All rights reserved.