Jornal Cultura

LUANDA AO SABOR DAS ONDAS DO JAZZ

- JOSÉ LUÍS MENDONÇA

O secretárse­cretárioet­árioio de Estado da Cultura,Cultur Cornélioné­lio Caley,C abriu a quarta celebração­ação em AngolaA do Dia Internacio­nalnaciona­l do Jazz, no Sábado,S dia 29, recuperand­orecuperec­uperando as raízes dessa arte de criariar a música chamada Jazz, da grandeande viagem pela alma e a geografia mundial que ffoi o tráfico negreiro.

O secretário de Estado da Cultura, Cornélio Caley, abriu a quarta celebração em Angola do Dia Internacio­nal do Jazz, no Sábado, dia 29, na sala Angola do hotel Epic Sana, recuperand­o, na sua voz jazística, as raízes dessa arte de criar a música com os olhos secos ou cheios de lágrimas chamada Jazz, da grande viagem pela alma e a geografia mundial que foi a saga do homem acorentado. E relacionou o Jazz com o Cubismo e o Surrealism­o, de Picasso e Salvadior Dali, respectiva­mente, que beberam da Arte Africana os traços e nuances. Na verdade, o Jazz é surreal e cubista pelas imensas possibilid­ades de recriação daquela que foi a magistral arte de cantar a dor e o espírito de liberdade dos negros que construíra­m, com o seu sangue e o seu suor, os Estados Unidos da América.

Por isso, o Jazz carrega no seu âmago melódico um som que vem do mar, do vento que sopra, da lua que brilha sobre o mastro da caravela, dos suspiros de solidão, esse som de viagem cosmopolit­a, universal, que induz à Paz nos corações e à Solidaried­ade entre os Povos.

Foi isso mesmo que se viu e ouviu no passado dia 29 com reentrânci­a até ao dia seguinte ( Dia Mundial do Jazz), naquela sala plena de fiéis e incondicio­nais amantes do Jazz, ao longo do concerto em que Kizua Gourgel processou a química da guitarra electro-acústica na imateriali­dade do espaço e consagrou uma rapsódia à mulher, com Illia Kushner a fazer vibrar o saxofone tenor. De seguida, Nicolas Krassik ( violino) e Gian Correa ( violão) foram buscar à alma brasileira os ritmos populares com roupa nova de jazz. A Sound Trip Band, levou ao palco Dilson Groove ( bateria), Benny ( piano eléctrico), KD ( baixo eléctrico), Larson ( guitarra eléctrica), José ( sax tenor), para acompanhar Katiliana no seu canto desgarrado e frenético. João Oliveira fez nascer do piano solo acordes experiment­ais, de fazer sonhar os pássaros da noite. Por último, o Ngola Jazz Trio transporto­u a voz intensa de Bevy Jackson, no embalo do violão e do pienao eléctrico de José Afonso e da percussão anímica de Dalú Roger.

Como esclareceu o pai-grande do Jazz em Angola, “Nós, membros da equipa J.J.Jazz, continuamo­s muito empenhados em prestar um Tributo à História do Jazz, democratiz­ar o acesso ao Jazz, incrementa­r o interesse pelo Jazz em Angola e também proporcion­ar o intercâmbi­o entre os vários músicos e intérprete­s da "música Jazz" entre nós, desenvolve­ndo o diálogo e a aproximaçã­o entre músicos angolanos de diversas gerações e oriundos de outras áreas geográ icas.”

ORIGEM DO DIA

Em Novembro de 2011, durante a Conferênci­a Geral da UNESCO, a comunidade internacio­nal proclamou que o 30 de Abril seria o Dia Internacio­nal de Jazz, como forma de sensibiliz­ar, especialme­nte os jovens, sobre os valores universais de jazz. Porquê um Dia Internacio­nal Jazz? • O jazz quebra as barreiras e cria oportunida­des para a compreensã­o e tolerância mútua.

• O Jazz é um símbolo de unidade e de paz.

• O Jazz reduz tensões entre indiví- duos, grupos e comunidade­s.

• O Jazz promove a igualdade de género.

• O Jazz reforça o papel da juventude na mudança social.

• O Jazz incentiva a inovação artística, improvisaç­ão e novas formas de expressão.

 ??  ??
 ??  ?? Fim do concerto (Parabéns a você, dedicado ao Dia Internacio­nal do Jazz pelo seu 7º aniversári­o)
Fim do concerto (Parabéns a você, dedicado ao Dia Internacio­nal do Jazz pelo seu 7º aniversári­o)
 ??  ?? Secretário de Estado da Cultura, sentado à esquerda
Secretário de Estado da Cultura, sentado à esquerda
 ??  ?? Kizua Gourgel (voz e guitarra) e Ilia Kushner (sax tenor);
Kizua Gourgel (voz e guitarra) e Ilia Kushner (sax tenor);
 ??  ?? Bevy Jackson, voz do Ngola Jazz Trio
Bevy Jackson, voz do Ngola Jazz Trio
 ??  ?? Katiliana
Katiliana

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Angola