A li­ber­ta­ção e os no­vos ca­mi­nhos de Rui Gu­a­po Gar­ção

Jornal Cultura - - Diálogo Intercultu­ral -

No dia 30 de Maio de 2019, às 18:30 h no Ca­mões/Cen­tro Cul­tu­ral Por­tu­guês, foi inau­gu­ra­da a ex­po­si­ção in­di­vi­du­al de De­se­nho “A LI­BER­TA­ÇÃO e os no­vos ca­mi­nhos” do ar­tis­ta Rui Gu­a­po Gar­ção. A ex­po­si­ção fi­ca pa­ten­te ao pú­bli­co até dia 13 de Ju­nho de 2019.

SO­BRE A EX­PO­SI­ÇÃO

A ex­po­si­ção “A LI­BER­TA­ÇÃO e os no­vos ca­mi­nhos” tem co­mo Cu­ra­dor Fi­li­pe Zau, Mem­bro da Aca­de­mia an­go­la­na de Le­tras, ex-se­cre­tá­rio pa­ra os As­sun­tos Cul­tu­rais da CPLP e actual Rei­tor da Uni­ver­si­da­de In­de­pen­den­te de An­go­la. A re­fe­ri­da ex­po­si­ção reú­ne um con­jun­to de de­se­nhos pa­ra tex­tos e po­e­sia dos Paí­ses Afri­ca­nos de Ex­pres­são Por­tu­gue­sa (An­to­lo­gia de Ire­ne Guer­ra Mar­ques 1977/1978 – Mi­nis­té­rio da Edu­ca­ção de An­go­la), bem co­mo os no­vos ca­mi­nhos plás­ti­cos do ar­tis­ta Rui Gu­a­po Gar­ção.

O tra­ba­lho in­te­gra um pro­jec­to de iti­ne­rân­cia, que vi­a­ja­rá pe­los paí­ses da CPLP.

SO­BRE A AR­TIS­TA

Rui Gu­a­po Gar­ção nas­ceu em Luanda. Li­cen­ci­ou-se em De­sign de Co­mu­ni­ca­ção pe­la Es­co­la de Be­las Ar­tes de Lis­boa. Foi re­a­li­za­dor e pro­du­tor de te­le­vi­são e do­cen­te uni­ver­si­tá­rio na dis­ci­pli­na de Ar­qui­tec­tu­ra e Ur­ba­nis­mo na Fa­cul­da­de de Be­las Ar­tes da Uni­ver­si­da­de In­de­pen­den­te de An­go­la, on­de é vi­ce-De­ca­no. Em 1972, par­ti­ci­pou no 1º Sa­lão de No­vís­si­mos e em di­ver­sas ex­po­si­ções co­lec­ti­vas em Luanda. Co­la­bo­rou com ilus­tra­ções de li­te­ra­tu­ra e po­e­sia pa­ra di­ver­sos jor­nais e re­vis­tas em Luanda. De 1976 a 1977, tra­ba­lhou na re­es­tru­tu­ra­ção do en­si­no em An­go­la e co­la­bo­rou com o Con­se­lho Na­ci­o­nal de Cul­tu­ra e com o po­e­ta António Ja­cin­to na pro­mo­ção e di­vul­ga­ção das Ar­tes Plás­ti­cas e no pro­jec­to da Es­co­la de Ar­tes “O Bar­ra­cão”, bem co­mo na di­na­mi­za­ção das Bri­ga­das de Pin­tu­ras Mu­rais em Luanda.

Con­quis­tou o Pré­mio de De­se­nho Sa­tí­ri­co no Fes­ti­val de Ar­tes Ne­gras da Ni­gé­ria, em re­pre­sen­ta­ção de An­go­la.

Par­ti­ci­pou em vá­ri­as ex­po­si­ções in­di­vi­du­ais e co­lec­ti­vas, or­ga­ni­za­das pe­la Ca­sa do Pes­so­al da RTP. Re­a­li­zou e pro­du­ziu, na RTP, vá­ri­os pro­gra­mas cul­tu­rais e do­cu­men­tá­ri­os, de que des­ta­cam a ópe­ra “Tos­ca” e a sé­rie “Mar das Ín­di­as”.

De 2010 a 2014, foi con­sul­tor pa­ra a Imagem de Even­tos do Mi­nis­té­rio da Cul­tu­ra de An­go­la.

Ac­tu­al­men­te, de­di­ca-se ao es­tu­do e de­sen­vol­vi­men­to dos gra­fis­mos uni­li­ne­a­res dos de­se­nhos na areia dos “So­nas” do Les­te de An­go­la.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Angola

© PressReader. All rights reserved.