BELARMINO VAN-DÚ­NEM PAS­SOU A DECLARANTE NO “BURLA TAILANDESA”

Jornal de Angola - - POLÍTICA -

O ex-pre­si­den­te da ex­tin­ta Agên­cia pa­ra a Pro­mo­ção do In­ves­ti­men­to e Ex­por­ta­ções de An­go­la (APIEX), Belarmino VanDú­nem, pas­sou à con­di­ção de declarante no pro­ces­so­cri­me que in­ves­ti­ga uma ale­ga­da ten­ta­ti­va de burla ao Es­ta­do an­go­la­no de cer­ca de 50 mil mi­lhões de dó­la­res, por in­su­fi­ci­ên­ci­as das pro­vas reu­ni­das na fa­se de ins­tru­ção pre­pa­ra­tó­ria. Se­gun­do a Rá­dio Na­ci­o­nal de An­go­la, que ci­ta fon­te da Pro­cu­ra­do­ria-Ge­ral da Re­pú­bli­ca (PGR), o do­cen­te uni­ver­si­tá­rio já não é ar­gui­do no pro­ces­so cu­ja con­clu­são, se­gun­do o pro­cu­ra­dor-ge­ral da Re­pú­bli­ca, Hél­der Pit­ta Grós, es­tá pa­ra bre­ve. O ma­gis­tra­do fa­la­va à im­pren­sa ter­ça-fei­ra úl­ti­ma. Um declarante é se­me­lhan­te a uma tes­te­mu­nha, pe­ri­to, fun­ci­o­ná­rio que co­la­bo­ram no pro­ces­so, mas sem po­der so­bre o mes­mo.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Angola

© PressReader. All rights reserved.