Bre­ves

Jornal de Angola - - REGIÕES -

HUÍ­LA FAC­TO­RES PASSIONAIS CAUSAM DU­AS MORTES EM CA­DA SE­TE DI­AS

Dois a três ho­mi­cí­di­os mo­ti­va­dos por ques­tões passionais são se­ma­nal­men­te re­gis­ta­dos na pro­vín­cia da Huí­la, on­de as mu­lhe­res são as prin­ci­pais ví­ti­mas, se­gun­do um re­la­tó­rio da Po­lí­cia Na­ci­o­nal que Angop te­ve aces­so.

O re­la­tó­rio re­ve­la que no pri­mei­ro se­mes­tre do cor­ren­te, dos 69 ho­mi­cí­di­os re­gis­ta­dos na pro­vín­cia, 59 são por ques­tões passionais. Os nú­me­ros in­di­cam ha­ver uma mé­dia de dois ca­sos por se­ma­na. Por exem­plo, nos úl­ti­mos se­te di­as fo­ram re­gis­ta­dos cin­co as­sas­si­na­tos, sen­do que três são pe­las mes­mas ra­zões. A ida­de das ví­ti­mas va­ria dos 35 a 70 anos, se­gun­do o do­cu­men­to. En­tre­vis­ta­do pe­la Angop, o so­ció­lo­go Ga­bri­el Chi­pa­lan­ga, alerta pa­ra a ne­ces­si­da­de de um es­tu­do pro­fun­do so­bre a ques­tão, com vis­ta à bus­ca de me­di­das de pre­ven­ção. Se­gun­do o aca­dé­mi­co, é uma si­tu­a­ção que es­tá qua­se sem­pre li­ga­da a trai­ções, que aca­bam se tra­du­zin­do em ódio, ciú­me, des­con­fi­an­ças e li­ga­dos a ra­zões cul­tu­rais, as­sim co­mo uma união sem afec­to só por bens ma­te­ri­ais. “Nos di­as de ho­je, nós ob­ser­va­mos re­la­ci­o­na­men­tos não afec­ti­vos, vi­ra­dos mais pa­ra ver­ten­te so­ci­al, eco­nó­mi­co, cul­tu­ral e po­lí­ti­co, le­van­do que um dos côn­ju­ges, pe­la fra­ca ca­pa­ci­da­de de diá­lo­go, a co­me­ter ho­mi­cí­dio", re­fe­riu. Os pri­mei­ros pas­sos de um re­la­ci­o­na­men­to, se­gun­do o es­tu­di­o­so, ca­rac­te­ri­zam-se por vá­ri­as pro­mes­sas e quan­do não se con­cre­ti­zam ca­em no ódio e es­te vai ge­rar ou­tros con­fli­tos, por is­so den­tro de um re­la­ci­o­na­men­to de­ve exis­tir par­ti­lha de ideias e me­tas a atin­gir, sem­pre ba­se­a­do no res­pei­to mú­tuo de mo­do a evi­tar ca­sos do gé­ne­ro.

NAMIBE AU­TO­RI­DA­DES TRA­DI­CI­O­NAIS CLAMAM POR SER­VI­ÇOS SO­CI­AIS

As au­to­ri­da­des tra­di­ci­o­nais do mu­ni­cí­pio do Ca­mu­cuio, pro­vín­cia do Namibe, clamam por ser­vi­ços so­ci­ais bá­si­cos na localidade.

A in­qui­e­ta­ção foi ma­ni­fes­ta­da à Angop pe­lo so­ba da localidade da Ser­ra das Ne­ves, Mu­nhon­go Wa­lau­la, que apon­tou al­gu­mas di­fi­cul­da­des con­cer­nen­tes, a me­lho­ria das vi­as de aces­so pa­ra fa­ci­li­tar o es­co­a­men­to dos pro­du­tos do cam­po pa­ra a ci­da­de, a cons­tru­ção de es­co­las, pos­tos de saú­de e lo­jas co­mer­ci­ais e ou­tros ser­vi­ços que ga­ran­tam o bem-es­tar das po­pu­la­ções.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Angola

© PressReader. All rights reserved.